Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

America volta para a elite do futebol carioca - Esporte com Wagner Augusto

Os campeões estão de volta. Em uma só tacada, América e Portuguesa celebraram nesta quarta-feira (15/07) o retorno à elite do Campeonato Carioca. Tudo isso graças a vitória rubra por 2 x 0 sobre o Americano, no Estádio Giulite Coutinho, gols de Léo Rocha e Ramon, resultado que eliminou o time de campos da disputa por uma vaga na série A com duas rodadas de antecedência no Triangular Final.



America e Portuguesa agora vão lutar pelo título da Série B do Carioca de 2015. No domingo (19/07), a Lusa visita o Americano, às 15h, no Aryzão. Depois, no outro fim de semana, os dois disputam o troféu no Luso Brasileiro para definir o campeão.

Foto: Internet


COM GOL NO FIM, BOTAFOGO DÁ ADEUS NA COPA DO BRASIL


Novamente o Botafogo teve uma atuação péssima, mas dessa vez o castigo veio à cavalo, ou melhor, nos acréscimos. Na noite desta terça (14/07) no Estádio Nílton Santos com a ilustre presença de mais de sete mil torcedores, o Alvinegro Carioca foi derrotado por 1 x 0 pelo Figueirense (SC), com um gol chorado aos 46 minutos do segundo tempo e foi eliminado da Copa do Brasil na terceira fase da competição.
Os jogadores precisarão esquecer o mais rápido possível o jogo, pois no próximo sábado (18/07), o Botafogo terá uma verdadeira decisão pela Série B do Campeonato Brasileiro, pois vai encarar o Náutico (PE), quarto colocado na tabela, mas com os mesmos 24 pontos do Glorioso. A partida acontecerá no Estádio Nílton Santos, às 16h30min.


Foto: internet


FLAMENGO

O Flamengo garantiu o passaporte para as oitavas de final da Copa do Brasil, ao vencer o Náutico, por 2 x 0, em jogo disputado na noite desta quarta-feira (15/07), na Arena Pernambuco. Os gols do Rubro-Negro carioca foram marcados por Jorge e Paolo Guerrero, todos no segundo tempo.
Com o resultado o Flamengo manteve um tabu, uma vez que a equipe carioca nunca foi eliminada por um time pernambucano neste torneio. Além do mais, o Flamengo manteve uma invencibilidade de seis anos em jogos disputados em Pernambucano.
O resultado foi justo ao time comandado por Cristovão Borges que foi mais objetivo desde o início da partida. A volta de Guerrero e Emerson Sheik aumentou o poder de fogo do time que foi sempre superior ao adversário. O Náutico até que tentou encarar o adversário, mas a limite técnico da equipe dirigida por Lisca impediu que o time tivesse melhor sorte. Nos minutos finais, a equipe pernambucana pressionou, mas o goleiro Cesar apareceu muito bem e evitou o pior.


Foto: Internet


VASCO VENCE AMÉRICA-RN E ABRE BOA VANTAGEM PARA O JOGO DA VOLTA

O Vasco venceu o América-RN por 3 x 1, na noite desta quarta-feira (15/07), em São Januário, pela primeira rodada da terceira fase da Copa do Brasil. O resultado permite que a representação cruz-maltina, que ganhou moral para o clássico contra o Fluminense, possa perder até por um gol, no jogo da volta em Natal, para garantir a classificação para a próxima fase da competição.
Depois de colecionar derrotas no Campeonato Brasileiro, o Vasco voltou a mostrar um futebol convincente que permitiu concretizar a vitória em cima do time potiguar. Os gols da equipe carioca foram marcados por Herrera, Anderson Salles e Emanuel Biancucchi, descontando Reis para o time rubro do Rio Grande do Norte.

Foto: Paulo Fernandes


BRASIL MASSACRA O EQUADOR NO FUTEBOL FEMININO EM TORONTO

Um ano depois da tragédia no Mineirão, o alento no Hamilton Soccer Stadium. Esqueça Neymar, David Luiz e Dunga, o nosso 7 a 1 veio dos pés de Cristiane e companhia. Na noite desta quarta-feira, a seleção brasileira feminina de futebol massacrou o Equador, com show da atacante - autora de cinco gols, e se aproximou de garantir uma vaga na semifinal do torneio dos Jogos Pan-Americanos de Toronto.Se no futebol masculino as decepções aumentaram com a queda precoce na Copa América, o time feminino se recupera aos poucos da eliminação na Copa do Mundo, ocorrida após derrota nas oitavas de final para a Austrália. No Pan, a equipe segue absoluta, mesmo sem contar com a craque Marta.
Fonte: ESPN

Foto: Internet


BRASIL É OURO NA PISCINA

João de Lucca mostrou crescimento ao longo dos 200m livre e ganhou a medalha de ouro nesta quarta-feira. O brasileiro apresentou grande evolução, ultrapassou o argentino Federico Garbich, que dominou a primeira metade da prova, e assegurou a vitória com direito a recorde pan-americano: 1m46s42.
Assim, o nadador de 25 anos foi ao lugar mais alto do pódio pela segunda vez em Toronto. Isso porque, ele havia ajudado o Brasil a ganhar a prova do revezamento 4x100m livre.
Garbich, após o grande início, terminou no segundo lugar (1m47s62) e ficou com a prata. O norte-americani Michael Weiss completou o pódio ao terminar com o tempo de 1m47s63.
Já Nicholas Oliveira, outro brasileiro na disputa, até teve bom início, mas acabou no quinto lugar. No Rio de Janeiro, ele havia faturado o ouro no 4x100m livres e 4x200m livres no Rio de Janeiro. Além disso, ganhara o ouro nos 4x100m livres e a prata no 4x200m livres em Gudalajara.
Fonte: ESPN

Foto: Internet


GINÁSTICA ARTÍSTICA ENCERRA SUA PARTICIPAÇÃO NO PAN

Depois de cinco dias de competições, a ginástica artística nos Jogos Pan-Americanos de Toronto-2015 chegou ao fim nesta quarta-feira. Para o Brasil, o desempenho ficou dentro do esperado.
O país verde-amarelo conquistou uma medalha de ouro com Arthur Zanetti nas argolas, uma prata com o time masculino no geral e três bronzes (Caio Souza no salto, Flávia Saraiva no individual geral e na equipe feminina).
O desempenho, que fez o Brasil ficar em quinto na ginástica artística entre países no Pan de 2015, é pior que o desempenho de 2011, onde o país conseguiu três ouros e ficou atrás apenas dos Estados Unidos na modalidade. Vale ressaltar que em Guadalajara, dois dos ouros foram conquistados por Diego Hypólito, que não veio para o Canadá.
O último dia a ginástica artística começou com a esperança de mais medalhas. No entanto, cinco quedas (duas de Flávia Saraiva, uma de Hypólito, uma de Caio Souza e outra de Francisco Júnior deixaram o Brasil com apenas um bronze, conquistado por Souza no salto.
Saraiva, que desponta como uma das principais promessas do esporte brasileiro, ganhou o bronze no individual geral na quarta, mas as quedas na trave e no solo a prejudicaram.
O ponto perdido na trave teria dado a Saraiva, de apenas 15 anos, a medalha de prata na categoria.
Saraiva faz parte de uma renovação da ginástica brasileira, que viu Daniele Hypólito, referência na sua geração, encerrar seu último Pan-Americano com a última colocação na prova individual do solo.

Fonte: ESPN
Foto: Tiago Lem