Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Futebol - resumo da rodada - Esporte com Wagner Augusto

A vitória sobre o Paraná, nesta terça-feira (9), fez o Botafogo chegar ao terceiro triunfo consecutivo na Série B do Campeonato Brasileiro. Os 2 a 1 diante dos paranistas, no Estádio Nilton Santos, fazem o Glorioso estar mais perto ainda de uma marca interessante: a maior sequência de vitórias da equipe na competição, que é de quatro partidas, conquistada em junho. Além disso, o resultado positivo foi conquistado novamente em uma virada, a exemplo de outros jogos recentes.

Líder da Série B, com 45 pontos, o Botafogo voltou a ter em Sassá o grande personagem da partida. Saído do banco no segundo tempo, ele entrou quando o time ainda perdia por 1 a 0 e fez os dois gols que mudaram o rumo do jogo. O atacante ressaltou o fato de que esta foi a primeira vez em que marcou de forma dobrada na mesma ocasião.

O Botafogo volta a campo na sexta-feira, contra o Mogi Mirim (SP), em Cariacica (ES).

Foto: Internet


MACAÉ NÃO RESISTE E PERDE PARA O BAHIA EM SALVADOR

Com um gol marcado pelo zagueiro Jaílton no segundo tempo, o Bahia derrotou o Macaé por 1 a 0, em partida disputada na noite desta terça-feira, na Fonte Nova. A vitória fez a equipe tricolor chegar aos 41 pontos ganhos, na quarta posição do Campeonato Brasileiro da série B. O Macaé que segue com uma campanha muito irregular, é o 14 º colocado com 28 pontos ganhos.
A vitória do Bahia foi merecida porque a equipe da casa teve maior volume de jogo e poderia ter alcançado um resultado mais expressivo, mas esbarrou nas defesas do goleiro Rafael, o destaque do Macaé.
Na próxima rodada, o Bahia vai receber o Bragantino, na Fonte Nova. O Macaé vai receber o Criciúma, no Moacyrzão.

Foto: Felipe Oliveira


CABOFRIENSE ESTRÉIA NA COPA RIO COM EMPATE

No Alair Corrêa, em Cabo Frio, Cabofriense e Tigres do Brasil empataram em 2x2 pela primeira rodada do Grupo D da Copa Rio. O jogo foi realizado na tarde desta quarta-feira (9) e foi bastante movimentado. O time visitante abriu o marcador, com Nil, logo no começo do jogo. Jonathan, ainda no primeiro tempo, e Abner, já na etapa complementar, viraram para o time da casa. Porém, coube a Fabiano Oliveira a missão de igualar o marcador e decretar a igualdade.

O começo do jogo foi movimentado. Os presentes ainda se acomodavam quando o experiente Nil, aos 5 minutos de bola rolando, anotou o primeiro tento do time visitante. Mas o Tigres não teve muito tempo para comemorar, pois sete minutos depois, Jonathan cobrava pênalti e igualava o marcador para o Tricolor Praiano. Apesar das chances criadas pelas duas equipes, não houve mudança no placar até o intervalo.

As movimentações iniciais do segundo tempo pertenceram à Cabofriense. Com um time mesclado entre experientes e novatos, coube ao jovem Abner, uma das promessas da equipe, a missão de virar o marcador. Quando parecia que o time da casa sairia de campo com a vitória, Fabiano Oliveira deixou tudo igual novamente, garantindo um ponto para o Tigres do Brasil.

O próximo desafio da Cabofriense é contra o Bonsucesso. As duas equipes se enfrentam no próximo domingo, às 15h, no Luso Brasileiro. Um dia antes, no Estádio de Los Larios, em Duque de Caxias, o Tigres do Brasil recebe a estreante Portuguesa.

Foto: Internet


GIGANTE DA COLINA QUEBRA O JEJUM E VENCE A PONTE PRETA EM CAMPINAS

Depois de 52 dias sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Vasco finalmente quebrou o jejum. Na noite desta quarta-feira, o Cruzmaltino derrotou a Ponte Preta por 1 a 0, em partida disputada no Moisés Lucarelli, em Campinas. O único gol foi marcado pelo atacante Leandrão, no segundo tempo. A vitória fez a equipe de São Januário chegar aos 16 pontos ganhos, mas continua na última posição. A Ponte Preta segue com 28 pontos, na 14ª posição, e chega à sexta partida sem vencer.
O Vasco soube se aproveitar da superioridade numérica que teve após a expulsão de Diego Oliveira. O time da Ponte Preta se mostrou irregular durante a maior parte do tempo e acabou sendo castigado. Depois do jogo, o técnico Doriva e os jogadores da equipe campineira foram muito hostilizados pela torcida alvinegra.
Na próxima rodada, a pressionada Macaca recebe o Santos, novamente em Campinas. Já o Vasco vai enfrentar o Atlético-PR, em São Januário.

Foto: Paulo Fernandes


FLUMINENSE EMPATA COM O COXA E VÊ O G-4 CADA VEZ MAIS LONGE

Na noite desta quarta-feira, Coritiba saiu na frente no Couto Pereira, mas cedeu o empate em 1 a 1 para o Fluminense, interrompendo mais uma vez sua boa sequência de recuperação dentro do Campeonato Brasileiro e voltando a ficar preocupado com a zona de rebaixamento. Com o resultado, o Coxa chegou aos 27 pontos, na 16ª colocação. Já o Tricolor, com 35 pontos, caiu para a nona colocação.
O Alviverde abriu o placar aos 28 minutos do primeiro tempo, com Henrique Almeida desviando na área após cruzamento de Thiago Galhardo, que por sua vez aproveitou cochilo de Gum para fazer a jogada. Depois do intervalo, Marcos Júnior, aos 14 minutos, deixou tudo igual.
Na próxima rodada, o Coritiba recebe o Internacional, sábado, no Estádio Couto Pereira. Já o Fluminense encara o Sport, domingo, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata.

Foto: Nelson Perez