Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Libertadores: Corinthians e Atlético-MG são cabeças de chave - Colunista Wagner Augusto

A Comebol divulgou nesta segunda-feira a divisão dos clubes nos potes para o sorteio da Libertadores . O evento, marcado para a noite desta terça-feira, no Paraguai, terá Corinthians e Atlético-MG como únicos cabeças de chave brasileiros e também que o São Paulo definirá sua classificação para a fase de grupos jogando a segunda partida em casa.
Andrés volta a ameaçar tirar Corinthians da Libertadores

A divisão foi feita respeitando o ranking de clubes da Conmebol. Os critérios são a performance do time nas dez últimas Libertadores, o seu desempenho na competição entre 1960 e 2005 e também quantas vezes foi campeão da liga nacional de seu país nos últimos dez anos.


Foto: Pedro Vilela / Getty Images

Com base nisso, além de Corinthians e Atlético-MG, são cabeças de chave também os argentinos River Plate (atual campeão da Libertadores), Boca Juniors (atual campeão argentino) e San Lorenzo (campeão da Libertadores de 2014), os uruguaios Peñarol e Nacional (atual campeão uruguaio) e o paraguaio Olimpia (atual campeão paraguaio). Como é tradicional, a fase de grupos terá oito chaves.

Em relação aos outros brasileiros, Grêmio e Palmeiras já sabem que não estarão no mesmo grupo, já que ambos estão no pote 2. Ao lado deles, aparecem o paraguaio Cerro Porteño, o chileno Colo Colo, o colombiano Atlético Nacional, o equatoriano Emelec e os bolivianos Bolívar e The Strongest.

O pote 3 é formado pelo argentino Rosario Central, pelo chileno Cobresal, colombiano Deportivo Cali, pela equatoriana LDU, pelos peruanos Sporting Cristal e Melgar e pelos venezuelanos Táchira e Trujillanos.

O pote 4, para definir os grupos, terá os ganhadores dos confrontos da fase preliminar da Libertadores, um deles envolverá o São Paulo, e os mexicanos Puma e Deportivo Toluca.

Em relação à fase preliminar, por conta do ranking da Conmebol, o São Paulo já sabe que não enfrentará o Universidade de Chile, o colombiano Independiente Santa Fe, o paraguaio Guarani, o argentino Racing e o venezuelano Caracas, que também farão o segundo jogo em casa.

As possibilidades de oponentes do Tricolor paulista são o boliviano Oriente Petrolero, o argentino Huracán, o equatoriano Independiente del Valle, o peruano Cesar Vallejo, o uruguaio River Plate e o mexicano Puebla. Os compromissos devem ocorrer entre a última semana de janeiro e as primeiras de fevereiro.