Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Messi é o melhor do mundo - Esporte com Wagner Augusto

Terceiro colocado na votação da Bola da Ouro de Fifa de 2015, Neymar não contou com o voto de Lionel Messi, seu companheiro de ataque no Barcelona. O vencedor da premiação, que teve o direito de votar na eleição da Fifa por ser o capitão da Argentina, apontou Luis Suárez como melhor do mundo no ano passado. Messi escolheu Neymar em segundo e Iniesta em terceiro.

Já Messi foi eleito com o voto inclusive de Neymar, que colocou o argentino em primeiro na sua lista tríplice. O capitão brasileiro depois listou Suárez e Raktic, também companheiros no Barcelona.

O mesmo corporativismo tiveram Cristiano Ronaldo (que votou em Benzema, James Rodríguez e Gareth Bale) e James, que escolheu Ronaldo, Benzema e Bale, também companheiros de Real Madrid. O atacante e o meia, entretanto, votaram como representantes de Portugal e Colômbia, não do clube.

Curiosamente, a lista divulgada pela Fifa não apresenta votos dos capitães de seleções importantes como Chile, Itália e Espanha. O da Alemanha, Schweinsteiger, escolheu os companheiros Neuer e Müller, além de Neymar, em terceiro. O da França, Lloris, acertou o resultado final: Messi, Ronaldo e Neymar.

Ronaldo foi o único a apontar Benzema como melhor do mundo, mas o francês teve no total seis votos. Outros jogadores que não apareciam como favoritos tiveram votos em primeiro, casos de Mascherano (cinco, sendo 11 no total), Hazard, Sánchez, Bale, Agüero, Pogba, De Bruyne e Yaya Touré.

Ibrahimovic teve 21 lembranças, mas só seu técnico na seleção da Suécia o colocou em primeiro. Iniesta foi um pouco melhor, com 23 votos, contra 55 de Thomas Müller e 11 de Gareth Bale. Destaque da Copa América, o chileno Vidal foi lembrado por 86 votantes.

Apesar de quatro brasileiros terem entrado na seleção da Fifa (também Thiago Silva, Marcelo e Daniel Alves), Neymar foi o único jogador do País a receber votos, com 189 menções. Messi recebeu 425 e Ronaldo 386. Nessa conta, Lewandowski foi o terceiro, com 83, seguido de Suárez, que recebeu 78 votos.

A Argentina teve três atletas votados: Messi, Agüero e Mascherano. A Alemanha entrou com Müller, Lewandowski, Kroos e Neuer, enquanto a Espanha só teve os votos de Iniesta. Dos sul-americanos, também Chile (Vidal e Sánchez), Uruguai (Suárez) e Colômbia (James) também tiveram jogadores com votos. A Bélgica

Dunga, técnico da seleção brasileira, votou em Neymar em primeiro, Messi em segundo e Ronaldo em terceiro. Osorio, ex-treinador do São Paulo e hoje comandando o México, teve uma escolha peculiar: Müller, Neuer e Vidal. Neuer, com 33 votos, foi o único goleiro a receber votos. Nenhum zagueiro ou lateral foi lembrado



Fonte : UOL Esporte
Foto   : Reuters