Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

LUTO NO FUTEBOL. MORRE JOHAN CRUYFF - ESPORTE COM WAGNER AUGUSTO

O futebol amanheceu de luto nesta quinta-feira, 24 de março de 2016. Um dos maiores ícones do esporte, o holandês Johan Cruyff teve a falência dos órgãos decretada e morreu aos 68 anos vítima de um câncer. A doença, com foco no pulmão, foi descoberta em outubro de 2015 e vinha sendo tratada desde então.

A doença pulmonar que custou a vida de Cruyff, no entanto, não foi o primeiro problema de saúde com que o ex-atleta precisou lidar. Na década de 1990, quando estava no Barcelona como técnico, o holandês precisou se afastar do cargo por um período para tratar uma doença cardíaca.

Pelé (E), pelo Santos, e Cruyff (D), pelo Barcelona, duelaram no Troféu Ramon de Carranza em 1974 (Foto:Acervo/Gazeta Press)
Ex-fumante, Cruyff faleceu aos 68 anos vítima de um câncer de pulmão (Foto:AFP)
Em 1976, Johan Cruyff esteve em São Paulo para a disputa de um amistoso internacional
Até seus últimos momentos de vida, já no tratamento da doença, Johan Cruyff afirmava que o futebol vinha se apresentando como uma força motriz diante das adversidades. “Pensar e falar de futebol me deixa alegre e evita que minha mente se preocupe com a doença”, comentou o ex-atleta no De Telegraaf, jornal holandês em que assinava uma coluna.

Como jogador, Cruyff integrou a seleção da ‘laranja mecânica’ na Copa de 1974, quando a Holanda foi vice-campeã; e o atacante, eleito o melhor jogador da competição. Revelado pelo Ajax, Cruyff defendeu o Barcelona por cinco anos, entre 1973 e 1978, quando decidiu se aventurar no futebol dos Estados Unidos, assim como fizeram Pelé e Beckenbauer na mesma época.
Ainda faturou o prêmio da Bola de Ouro – que elege o melhor jogador do mundo segundo a Fifa – três vezes, em 1971,1973 e 1974. No ano de 2004, quando já trabalhava como técnico, Johan Cruyff foi contemplado na lista dos 100 melhores jogadores de todos os tempos feita pela Fifa.

O craque holandês teve dois anos de experiência como técnico do Ajax, mas ganhou notoriedade ao comandar o Barcelona durante seis anos, de 1988 a 1996, conquistando a Copa da Liga Europa em 1992.



Foto: Internet