Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Nova construtora vai finalizar arena atrasada para a Olimpíada

A obra da arena mais atrasada da Olimpíada ganhou o reforço de uma nova construtora. A partir de agora, a construção do Velódromo da Rio-2016 será tocada também pela construtora Engetécnica, junto com a Tecnosolo. 

A convocação do Engetécnica para o projeto foi feita depois de a Tecnosolo atrasar em pelo menos três meses a conclusão da arena de ciclismo de velocidade dos Jogos Olímpicos.

A Riourbe (Empresa Municipal de Urbanização) autorizou nesta terça-feira (1º) a Engetécnica a aderir a entrar no projeto do velódromo como subcontratada da Tecnosolo. A Tecnosolo venceu em 2013 a licitação da construção da arena olímpica, mas não tem dado conta de executá-la sozinha já que a empresa se encontra em crise financeira.

A Tecnosolo está em recuperação judicial desde 2012. Por isso, ela tem dificuldades para executar um projeto do tamanho do velódromo olímpico, orçado hoje em pelo menos R$ 138 milhões.

A Prefeitura do Rio de Janeiro e o governo federal (responsável pelos repasses para a obra), há tempos demonstram preocupação com a construção do velódromo. A obra começou em janeiro de 2014 e nunca avançou como deveria.

Essa é a quinta vez que o Poder Público intervém sobre obras olímpicas devido a atrasos só neste ano. Em janeiro, a administração municipal também já substituiu as empresas responsáveis pela preparação do Centro Olímpico de Tênis e do Centro Olímpico de Hipismo devido à demora na execução dos projetos.

Na semana passada, o governo estadual substituiu a construtora responsável pela reforma do Estádio de Remo da Lagoa Rodrigo de Freitas para a Olimpíada. Já na segunda, a prefeitura substituiu a empresa responsável pela obra do BRT TransOeste depois que a obra foi paralisada.

A obra do velódromo já deveria estar pronta desde o final deste ano, mas está 83% pronta. Inicialmente, a arena receberia um evento-teste da Olimpíada em neste mês. Devido aos atrasos, esse teste foi adiada para entre 29 de abril e 1º de maio.

O Comitê Organizador Rio-2016 informou nesta tarde que a nova data do teste está mantida. O órgão informou que não tem dúvidas sobre a entrega do velódromo para a Olimpíada, que começa em 5 de agosto.


Fonte : UOL Esporte
Foto   : André Motta/Heusi Action/Brasil2016.gov.br