Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Resumo da rodada do CarIocão - Esporte com Wagner Augusto

O Botafogo derrotou o Madureira por 1 a 0 em jogo disputado na noite deste domingo, em Los Larios, Duque de Caxias, no fechamento da segunda rodada da Taça Guanabara – segunda fase do Campeonato Carioca. O Madureira segue sem marcar pontos, na penúltima colocação. Bruno Silva, no primeiro tempo, marcou o único gol da partida.
A equipe de Ricardo Gomes voltou a mostrar um desempenho irregular, mas foi melhor que o Madureira. Mesmo sem brilhar, o Alvinegro poderia até ter obtido um resultado mais avantajado, mas esbarrou no goleiro Rafael Santos, destaque da partida com grandes defesas.
Na próxima rodada, o Botafogo vai enfrentar o líder Vasco, no Mané Garrincha, em Brasília. O Madureira vai receber o Bangu, em Conselheiro Galvão.




Foto: Vítor Silva


CABOFRIENSE EMPATA E FICA EM SITUAÇÃO COMPLICADA
Cabofriense e Tigres se enfrentaram na última partida do sábado. As duas equipes fizeram um jogo de poucas emoções, mas de muito equilíbrio. O jogo terminou em 0 a 0, resultado que não ajudou a Cabofriense, que agora ocupa a zona de rebaixamento da Taça Rio. O Tigres chegou a quatro pontos em dois jogos.

Na próxima rodada o Tricolor Praiano vai receber o Friburguense no Estádio Alair Corrêa, o Correão. A partida será no próximo sábado (26), às 19h30min. Já o Tigres, vai jogar contra o America, no mesmo sábado, às 16h, no Estádio Los Larios.

Foto: Andréia Maciel

Fonte: Fut Rio


FLA X FLU: MESMO PLACAR COMO EM 1942


O grande público que lotou o Pacaembu na tarde deste domingo para prestigiar o Fla-Flu, pela segunda rodada da Taça Guanabara Carioca, saiu frustrado do estádio. O empate sem gols decepcionou a torcida que esperava um espetáculo emocionante, e repetiu o placar zerado do primeiro clássico carioca disputado na capital paulista, em 1942.
O resultado fez o time rubro-negro assumir a segunda posição com quatro pontos ganhos, enquanto o Fluminense, com dois a menos, é o quinto colocado.
Apesar da decepção da torcida, o resultado fez justiça ao desempenho das duas equipes. Mesmo apoiado pela maioria do público, o Flamengo encontrou muita dificuldade para penetrar na defesa tricolor. Já o Fluminense foi melhor no primeiro tempo, mas após a saída do atacante Fred, optou por uma postura defensiva.
Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar o Volta Redonda, no Raulino de Oliveira. O Fluminense terá o Boavista pela frente no Los Larios.

Foto: Fernando Danta


MACAÉ VENCE A SEGUNDA NA TAÇA RIO


De ânimo novo, o Macaé chegou a segunda vitória seguida na Taça Rio. A equipe bateu na tarde deste sábado (19) a Portuguesa, no Moacyrzão, por 2 a 1. O destaque do jogo novamente ficou por conta do meia Rondinelly. O jogador marcou os dois gols do Alvianil. O gol da equipe da Ilha do Governador foi marcador por Victor Hugo. Todos os tentos do encontro foram anotados ainda na primeira etapa.

Com seis pontos o Macaé dorme na liderança da Taça Rio. A Portuguesa, por sua vez, permanece três na pontuação. Na próxima rodada o Alvianil visita o Bonsucesso, ainda sem local definido, no próximo domingo, dia 27 de março, às 15h30. Já a Lusa, vai a Resende, enfrentar os donos da casa, no EStádio do Trabalhador, um dia antes, 26 de março, às 15h30.

Foto: Tiago Ferreira


JORGINHO ADMITE PIORA DO TIME NA ETAPA FINAL

O técnico Jorginho se confessou satisfeito com a vitória do Vasco sobre o Boavista, neste sábado, em Cariacica, que manteve o time de São Januário com 100% de aproveitamento na Taça Guanabara. O treinador só fez uma ressalva ao desempenho da equipe no segundo tempo.
Para Jorginho, o Vasco não teve tranquilidade para repetir o que havia ocorrido na primeira etapa, quando soube trabalhar a bola. “No segundo tempo, entramos na correria do Boavista e perdemos a posse de bola. Temos que corrigir esses problemas para evitar que isso se repita nas próximas partidas”, disse.
Muito cumprimentado por ter marcado o primeiro gol com a camisa do Vasco, o volante Marcelo Mattos disse que a jogada que resultou no gol é constantemente treinada, com Júlio dos Santos se aproveitando da estatura privilegiada para desviar a bola no primeiro pau.
“Fico feliz pelo gol e principalmente porque ele representou a conquista de três pontos em um jogo difícil”, explicou o meio-campista

Foto: Carlos Gregório