Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Circuito de Futevôlei começa dia 30 em Cabo Frio

Acontece entre os dias 30 de abril e 1º de maio o 1º Circuito Futevôlei – Etapa Cabo Frio. O evento estará dividido em duas categorias, aberto (nível A) e amador (nível B) e promete contar com grandes atletas cariocas da modalidade.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo telefone: (22) 9 99097278 ou na Avenida Joaquim Nogueira, em São Cristóvão, em frente ao clube do bairro.
Instagram: @FutevoleiBrasil
Facebook: FutevoleiBR
YouTube: FutevoleiBrasil
Snapchat: FutevoleiBrasil



Foto : Diário do Nordeste

Resumo da rodada - com Wagner Augusto

O Resende se classificou para a final da Taça Rio ao derrotar o Boavista por 4 a 1 na tarde deste sábado (23) em São Januário. Os gols do Gigante do Vale foram anotados por Marcel, Jhulliam, Muriel e Borja. Reinaldo, no início da segunda etapa, diminuiu para o Boavista.

No final da segunda etapa, o Verdão de Saquarema, já nervoso atrás do resultado, teve dois jogadores expulsos. Leandrão, aos 34 e William Maranhão, aos 43, desfalcaram a equipe da Região dos Lagos na reta final da partida. Com este resultado, o Resende encara o Volta Redonda na decisão do troféu em clássico do Sul Fluminense, valendo vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, no dia 1º de maio com local e horário ainda a definir.

Foto: Marcos Coelho


BOTAFOGO VENCE O FLU E VAI À FINAL COM O VASCO

O Botafogo é finalista do Campeonato Carioca. O Alvinegro do General Severiano derrotou o Fluminense por 1 a 0 na noite deste domingo, com gol de Ribamar, no estádio Raulino de Oliveira, e garantiu sua presença na decisão, diante do Vasco. O clube das Laranjeiras jogava pelo empate para ficar com a vaga, mas esbarrou em uma equipe determinada e bem organizada e não conseguiu o resultado que lhe interessava.

Diante de um público muito pequeno, o Glorioso foi bem melhor no primeiro tempo, quando criou muitas chances para marcar, mas só acabou conseguindo o gol na segunda etapa. O time dirigido por Ricardo Gomes ainda perdeu o zagueiro Joel Carli, expulso no fim do duelo, mas soube resistir às investidas do adversário para garantir a vaga.

Foto: Mailson Santana


VOLTA REDONDA VIRA PRA CIMA DO MACAÉ E VAI À FINAL 

O Volta Redonda derrotou o Macaé de virada na tarde deste sábado (23) em Moça Bonita, valendo pela semifinal da Taça Rio. O Alvianil Praiano saiu na frente com Jones, aos 33. Bruno Barra e Luan marcaram para o Voltaço, dando números finais à partida. Com este resultado, o Voltaço se classifica para a final da Taça Rio e encara, no dia 1º de maio, o Resende na decisão, com local e horário ainda a definir.

Foto: V. R. F. C.


VASCO MANTÉM TABU E ELIMINA O FLAMENGO DO CARIOCÃO

O Vasco está na final do Campeonato Carioca. Em partida disputada na tarde deste domingo, na Arena Amazônia, em Manaus, a equipe de São Januário derrotou o Flamengo por 2 a 0, com gols de Andrezinho e Wallace (contra) mas o gol foi anotado para Riascos. Foi a nona partida seguida em que o Vasco não perde para o Rubro-negro. Agora, o time cruz-maltino vai enfrentar o Botafogo que venceu o Fluminense neste domingo, em Volta Redonda.

Mais organizado em campo, o Alvinegro soube construir o resultado favorável e resistir às investidas do adversário. O time da Gávea mostrou muita disposição, mas pouco talento para definir as jogadas de ataque.

Foto: Carlos Gregório

Botafogo vence, elimina Flu e encara Vasco na final

O Botafogo venceu o Fluminense por 1 a 0 e está classificado para a final do Campeonato Carioca contra o Vasco. O Alvinegro teve grande atuação e dominou o rival durante grande parte do duelo neste domingo, em Volta Redonda. O gol da partida saiu apenas no segundo tempo, quando Ribamar, de cabeça, estufou as redes.

FLUMINENSE 0 X 1 BOTAFOGO


Data e hora: 24/04/2016, às 19h (horário de Brasília)
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Auxiliares: Michael Correia e Diogo Carvalho da Silva
Gols: Ribamar, aos 17min do segundo tempo
Cartões amarelos: Jonathan, Gum, Pierre (FLU) Carli, Bruno Silva, Gegê, Salgueiro (BOT)

FLUMINENSE
Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Pierre (Magno Alves), Cícero, Gustavo Scarpa e Gerson (Douglas); Osvaldo (Marcos Júnior) e Fred. Técnico: Levir Culpi

BOTAFOGO
Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Emerson (Renan Fonseca) e Diogo; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Leandrinho (Fernandes), Gegê; Salgueiro e Ribamar (Diego). Técnico: Ricardo Gomes

FASES DO JOGO

Primeiro tempo

Com a vantagem do empate, o Fluminense parecia ter entrado em campo desligado. O Botafogo, por outro lado, estava completamente ligado e bem no duelo.Com meio de campo inspirado, o Alvinegro dominou a primeira parte do primeiro tempo e acumulou boas oportunidades de gols. Na melhor delas, Gegê acertou a trave de Diego Cavalieri, que antes já havia salvado em chute de Ribamar. A pressão do time de General Severiano seguiu até o fim da etapa inicial, embora o Tricolor tenha chegado com perigo em determinados momentos. O problema foi a falta de qualidade na finalização, que também impediram Renan Fonseca e Salgueiro de abrir o placar.

Segundo tempo

O Botafogo voltou melhor para o segundo tempo e manteve o mesmo panorama da etapa inicial. Recuado, o Fluminense não conseguia oferecer perigo. De tanto insistir, o ALvinegro abriu o placar com Ribamar, de cabeça. O Tricolor partiu com tudo para cima e conseguiu a expulsão de Joel Carli, pelo segundo amarelo. Apesar da pressão do time das Laranjeiras, foi o de General Severiano que comemorou. Vitória e classificação para a final do Carioca


Fonte : UOL
Foto   : Internet

Campeão da Taça Guanabara elimina o Flamengo e enfrenta o Botafogo na decisão

A freguesia continua. Em mais uma performance segura e com poder de decisão, o Vasco venceu o Flamengo por 2 a 0, neste domingo (24), em Manaus, e garantiu vaga na final do Campeonato Carioca. Os gols de Andrezinho e Riascos ampliaram para nove jogos - seis vitórias e três empates - o tabu Cruzmaltino sobre o Rubro-negro. O time de São Januário completou 22 partidas invicto e chega com moral para buscar o bicampeonato estadual.

Além disso, o Vasco eliminou o principal rival de uma competição pela terceira vez consecutiva - Estadual 2015, Copa do Brasil 2015 e Estadual 2016. A torcida cruzmaltina vibrou muito na Arena da Amazônia, enquanto os rubro-negros deixaram o estádio mais uma vez desapontados.


VASCO 2 X 0 FLAMENGO

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos e Daniel do Espírito Santo Parro
Renda: R$ 3.531.240,00
Público: 44.419 presentes
Cartões amarelos: Nenê, Júlio César, Julio dos Santos e Luan (Vasco); Wallace, Cuéllar, César Martins e Rodinei (Flamengo)
Cartão vermelho: Alan Patrick (Flamengo)
Gols: Andrezinho, aos 21min do primeiro tempo; Riascos, aos 11min do segundo tempo

Vasco
Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Júlio César (Rafael Vaz); Diguinho (Yago Pikachu), Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Eder Luiz)
Técnico: Jorginho

Flamengo
Paulo Victor; Rodinei, Wallace, César Martins e Jorge; Cuéllar, Willian Arão (Ederson), Gabriel (Alan Patrick) e Mancuello; Marcelo Cirino (Felipe Vizeu) e Guerrero
Técnico: Muricy Ramalho


Fonte : UOL
Foto   : Internet

Vasco vence o Fluminense e é campeão da Taça Guanabara

 Na volta de Fred, quem brilhou foi Riascos. Neste domingo, no calor de Manaus, Fluminense e Vasco fizeram um clássico igualmente quente, e os cruz-maltinos levaram a melhor: vitória por 1 a 0, com um gol solitário do colombiano, que garantiu o título da Taça Guanabara.

O Fluminense até jogava pelo empate para ficar com a taça, mas acabou tendo a derrota sacramentada aos 20 minutos, quando Eder Luis recebeu na direita e passou para Riascos, que, com muita tranquilidade, tocou lentamente no canto de Diego Cavalieri para marcar.

O tento saiu pouco depois de Fred, um dos personagens do clássico, fazendo seu retorno ao time do Fluminense, ser substituído pelo técnico Levir Culpi. O atacante, que viveu uma novela sobre seu futuro durante a semana, foi trocador por Magno Alves.

Foi o 12º título de Taça Guanabara do Vasco, que impediu a aproximação do Fluminense, que buscava a décima taça. Como dono da melhor campanha, a equipe cruz-maltina encara o Flamengo nas semifinais do Campeonato Carioca. O Flu, também classificado, encara o Botafogo.

O termômetro em Manaus não deixava dúvidas: o clássico seria quente. Antes mesmo de a bola rolar, os desafetos Rodrigo e Fred não se cumprimentaram no encontro de capitães com o árbitro. Pouco antes, o vascaíno também deixou o rival no vácuo, de mão estendida, no momento do hino.

Quando a bola rolou, a principal polêmica foi de arbitragem. Logo aos sete minutos, o zagueiro Renato Chaves marcou de cabeça, após levantamento na área, mas o que seria o primeiro gol do Fluminense foi anulado, por uma suposta falta no goleiro Martín Silva. Lance duvidoso...

Na segunda etapa, os dois times ficaram com dez em campo, aos 25 minutos, pouco depois de Riascos abrir o placar para o Vasco. Marcelo Mattos, pelo Vasco, e Edson, pelo Fluminense, foram expulsos por João Batista de Arruda após um desentendimento entre eles

Logo no primeiro lance da segunda etapa, Riascos teve chance de ouro para abrir o placar para o Vasco. O atacante recebeu na área, limpou três marcadores, mas acabou se atrapalhando na hora de finalizar, bem em frente a torcida vascaína, em maioria em Manaus.

Aos 20, porém, o colombiano não perdoou. Se destacando pela dedicação, acabou coroado com um gol após receber de Eder Luís, que tinha acabado de entrar no lugar de Julio dos Santos. Desta vez, Riascos mostrou muita categoria para vencer Diego Cavalieri.

INVENCIBILIDADE

Com o resultado, o Vasco chega a 21 jogos de invencibilidade, sem saber o que é perder desde o dia 1º de novembro de 2015, quando caiu para o próprio Fluminense no Campeonato Brasileiro. Já do lado tricolor, o revés encerra uma série de 11 partidas sem derrotas, nove sob o comando de Levir

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 0 X 1 VASCO

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Árbitro: João Batista de Arruda
Auxiliares: Jackson Lourenço Massarra e Diego Luiz Couto Barcelos
Renda: R$ 2.214.000,00
Público: 28.291 pagantes / 32.061 presentes
Cartões amarelos: Douglas, Fred, Renato Chaves e Edson (Fluminense); Jorge Henrique e Marcelo Mattos (Vasco)
Cartões vermelhos: Edson (Fluminense); Marcelo Mattos (Vasco)
Gol: Riascos, aos 20min do segundo tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Marlon, Renato Chaves (Nogueira) e Giovanni; Edson, Douglas, Gerson, Marcos Junior (Higor Leite) e Osvaldo; Fred (Magno Alves). Técnico: Levir Culpi

VASCO: Martín Silva; Madson, Luan (Rafael Vaz), Rodrigo (Diguinho) e Henrique; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Eder Luis), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos. Técnico: Jorginho


 



Cabofriense decide contra o Resende e Fred continua no Fluminense

O próximo sábado promete reservar um bocado de emoções para a Cabofriense. Afinal, o clube encara o Resende no Estádio do Trabalhador na última rodada da Taça Rio, em um duelo que colocará em risco a sua permanência na elite do Campeonato Carioca. 

Para a partida o Tricolor Praiano chega cercado por um rótulo nada animador: o de pior visitante de todo o estadual.

Ao longo das duas fases do Carioca, a Cabofriense atuou como visitante em seis oportunidades, com um retrospecto de seis derrotas e um aproveitamento de 0% - o pior entre todos os 16 clubes que disputam a competição. Friburguense, Madureira, Volta Redonda, Portuguesa e Bonsucesso também não venceram longe dos seus domínios do estadual, mas conseguiram faturar, no mínimo, um único ponto como visitante.

Apesar do retrospecto ruim, o técnico do time de Cabo Frio, Eduardo Húngaro, afirmou que o desempenho não chega assustar a equipe para a decisão do próximo sábado no Sul Fluminense.

Nossa equipe, Jornal O Resumo/Rádio Ondas FM chegou no exato momento que o técnico dava uma preleção aos jogadores sobre o jogo de sábado.  

Fred continua no Flu

Aproveitando para informar para os torcedores do Fluminense, que antes de assinar com o galo, o presidente do time tricolor, Peter Siemsen, anunciou que o atacante será reintegrado ao elenco e inclusive será escalado contra o Vasco, neste domingo, pelo Campeonato Carioca, em Manaus.

O presidente do Flu falou com a imprensa:

O Fred foi muito franco. O Levir foi muito franco e hábil. É com satisfação que comunico que o jogador Fred não sai do fluminense e joga contra o Vasco em manaus

O cartola afirmou que o "racha" entre Fred e o técnico Levir Culpi foi solucionado na base da conversa, e assegurou que foi o próprio "matador" quem fez questão de lavar de vez a roupa suja e solucionar o caso. parabéns aos torcedores do Flu e vamos torcer pelo tricolor praiano para trazer a vitória contra o Resende sábado no estadio do trabalhador as 15 hs. E informamos que o jogo Cabofriense e Resende será transmitido pela Rádio Ondas FM com Sidney Marinho.



Foto 1 : JR
Foto 2 : Globo Esporte

Vasco vence o Remo na Copa Brasil e agora são 20 jogos invicto

O Vasco atingiu uma marca histórica com a vitória por 1 a 0 sobre o Remo, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

O time de Jorginho chegou aos 20 jogos de invencibilidade e atingiu a marca de 2011, ano em que o clube foi campeão da Copa do Brasil, vice-brasileiro, além de cair nas semifinais da Copa Sul-Americana.

Naquela temporada a equipe, comandada por Fernando Prass, Felipe, Diego Souza, Alecsandro, entre outros, ficou conhecida como o "Trem Bala da Colina" e proporcionou à torcida o último ano de glórias do Cruzmaltino.

O elenco atual já possui a maior invencibilidade entre os clubes das Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro e pode atingir outra marca histórica: caso não seja derrotado no próximo domingo contra o Fluminense, e na semifinal e final do Campeonato Carioca, ele será campeão estadual invicto, feito que não acontece desde 1992.

Embora venha de uma grande sequência positiva, o time não tem jogado bem, mas o capitão Nenê minimiza o fato.

"É impossível um time jogar todos os jogos bem. O mais importante é o resultado. Os últimos três jogos não fomos tão bem, mas conseguimos resultados positivos. Hoje estávamos menos concentrados que o normal no primeiro tempo, mas melhoramos no segundo e chegamos à vitória", avaliou à Rádio Globo.

O clássico do fim de semana na Arena Amazônia, em Manaus, valerá o título da Taça Guanabara. O Tricolor joga pelo empate.



Fonte : UOL Esporte
Foto   : O Globo

Fred aceita oferta de R$ 500 mil e acerta com Atlético-MG

O centroavante Fred é aguardado nesta quarta-feira em Belo Horizonte. Rompido com Levir Culpi, o atleta se mantém irredutível em sua decisão de não atuar mais sob o seu comando no Fluminense e encaminhou acordo com o Atlético-MG: ele aceitou reduzir o salário de R$ 800 mil que recebe nas Laranjeiras e deu sinal verde para fechar por R$ 500 mil fixos e assinar com o novo clube.

Na prática, segundo o seu estafe, o abalo não seria considerável em seus vencimentos.

O camisa 9 recebe hoje metade de seu salário na CLT e a outra metade em direitos de imagem. Entre as exigências, está o pedido para que um percentual semelhante seja mantido na carteira, evitando, assim, possíveis conflitos com o fisco.

Como a prática é adotada por alguns jogadores de seu elenco, os dirigentes do Galo não se opuseram.

Existe o entendimento de que Fred manterá rendimento similar ao que faturava no Fluminense a partir das metas estabelecidas em contrato, oferecidas pelo Atlético-MG e que serviram para seduzir anteriormente, dentre outros, Ronaldinho Gaúcho e Robinho.

A chegada do atleta de 32 anos é tratada como uma oportunidade de mercado diante da provável saída argentino Lucas Pratto para o futebol chinês após a Libertadores.

No Fluminense, após se manter firme sobre a permanência de Levir Culpi em conversa com o representante e irmão do camisa 9, Rodrigo Chaves, o negócio agrada, sobretudo, pelo aspecto financeiro. A economia estimada seria de R$ 8 milhões até o fim da temporada. Ele tem contrato até 2018.

Existe também a sensação de ingratidão de Fred após o clube recuperá-lo do momento conturbado que atravessou com o 7 a 1 sofrido para a Alemanha na Copa-2014

Para selar o acordo, é estudada uma troca de atletas. Entre os nomes discutidos na mesa inicialmente, estão o meia Dátolo, sonho de consumo do Flu, o atacante Carlos, que deseja novos ares, o volante Eduardo, visto como promissor, e o zagueiro Tiago, indicado por Levir antes ao Galo.

As inscrições no Campeonato Mineiro se encerram nesta sexta-feira.


Fonte : ESPN Brasil
Foto   : Pedro Martins/Gazeta Press

Cabofriense 2 x Bonsucesso 0 - UUUFAAA!!! Que sufoco.

A Cabofriense derrotou o Bonsucesso por 2 a 0 na noite deste sábado (9) pela 6ª rodada da Taça Rio e ficou um pouco mais distante da zona de rebaixamento do Campeonato Carioca. Com o resultado a equipe está momentaneamente na quinta posição, com sete pontos, aguardando o desfecho da rodada, em que seus rivais diretos América e Portuguesa ainda jogam, neste domingo (10), às 16h30, em Mesquita.

Com relação à partida em si, a última em casa na competição, o Tricolor Praiano não teve problemas para dominar o adversário durante os 90 minutos. Logo no início, a equipe quase marcou em cobrança direta de escanteio feita por Dedé, obrigando Bruno Miranda a fazer boa defesa. Aos 29 minutos, em jogada parecida, Charles Chad subiu na primeira trave e desviou para o fundo das redes. Também precisando do resultado, o Bonsucesso partiu para o ataque, mas o time da Região dos Lagos conseguiu manter o jogo sob controle.

Na etapa final, salvo dois lances agudos, um em cada área, a partida seguiu morna, com a Cabofriense controlando a maior parte das ações frente a um adversário sem forças para chegar ao empate. Após algumas oportunidades, a torcida tricolor só pode respirar aliviada nos acréscimos, quando o zagueiro Rafael Sales, que tinha entrado no intervalo, ganhou na disposição uma bola na área, após um escanteio, e deu números finais ao placar, aos 48 minutos do segundo tempo.

Os jogos da última rodada, que definirá os dois clubes que disputarão o quadrangular final da Taça Rio e a dupla que jogará a série B, acontecerão ao mesmo tempo, às 15h15, no próximo sábado. A Cabofriense terá um difícil compromisso, no Sul Fluminense, contra o Resende, um dos líderes da competição.

Cabofriense 2x0 Bonsucesso

Estádio Correão

Cabofriense − Andrey; Julio Lopes, Raphael Andrade (Rafael Sales), Juliano e Leandro; Gilson, Dedé e Franco; Maicon Souza, Charles Chad (Danilo Cintra) e Abner (Du Paraíba). Técnico: Eduardo Hungaro.

Bonsucesso − Bruno Miranda; Rossales, Anderson, William e Thiaguinho; João Cleriston, Nathan (Dudu), Marcos Junior e Breno (Matheus Salgado); Matheus Pimenta e Deivison. Técnico: Toninho Andrade.

Árbitro − João Batista de Arruda, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Diogo Carvalho Silva

Gols − Charles Chad 29'/1T (1-0); Rafael Sales 48'/2ºT (2-0)







Fonte : Folha dos Lagos

Foto : Internet - Autor : Tiago Fer
reira

Fittipalde , bicampeão mundial de Fórmula 1, está individado e foge para não o pegarem.

Detalhes dos processos milionários de cobrança dívidas contra Emerson Fittipaldi, expõem a situação delicada pela qual passa o bicampeão mundial de Fórmula 1. Nas ações, o ex-piloto deixa de honrar acordos e não é encontrado pelos credores; suas contas são penhoradas, mas os valores encontrados totalmente insuficiente para o pagamento das dívidas.

Uma das ações é movida pelo Banco Santander, que cobra de Fittipaldi e uma de suas empresas, a EF Marketing, o pagamento de um empréstimo de R$ 1,9 milhão. Na ação, o ex-piloto deixou de fazer os pagamentos. Em 2013, houve um acordo, que previa a quitação da dívida em um parcelamento de 80 meses. Ele também não foi cumprido. No período, Fittipaldi comprou casa de R$ 16 mi nos EUA em 2015.

Sem alternativa, o banco pediu a penhora dos valores em diversas contas de Fittipaldi e da empresa, mas não teve sucesso – a maior parte delas estava vazia. O valor encontrado foi de R$ 8 mil, longe de ser suficiente para quitar a dívida, que, a essa altura já estava em R$ 2,3 milhões.

O banco então requisitou a penhora de um sítio do piloto em Araraquara – o mesmo imóvel é alvo de penhora em pelo menos outros seis processos.

O Banco do Brasil, por sua vez, move sete ações contra o ex-piloto, com valores individuais que chegam, atualmente, a R$ 900 mil. O UOL Esporte teve acesso à integra de três delas – o banco também enfrenta problemas.

Nos processos, o Banco do Brasil não consegue encontrar Emerson Fittipaldi para que ele seja citado – em cada um deles, foram três tentativas, sem que tenha sido encontrado nos endereços oferecidos. A alternativa foi avisá-lo através de seus procuradores. Também nestas ações há penhoras de dois imóveis, ambos em Araraquara.

Considerando apenas execuções (modalidade de ação judicial específica para a cobrança de dívidas, normalmente já comprovadas), só no período entre janeiro de 2014 e os dias atuais, o ex-piloto é executado em 19 processos, entre São Paulo e Araraquara. Ao todo, aparece em mais de 60 ações em trâmite no Tribunal de Justiça de São Paulo.

A explicação do ex-piloto

Por meio de comunicado divulgado por assessoria de imprensa, Emerson Fittipaldi explicou que suas dívidas são "resultado de um cenário financeiro e político instável que o Brasil inteiro enfrenta".

Com relação a recentes episódios veiculados nos meios de comunicação, Emerson Fittipaldi afirma que nunca omitiu dificuldades financeiras e que sempre esteve disposto a negociar com seus credores.

O volume de seus débitos, inferior a seu patrimônio, é resultado de um cenário financeiro e político instável que o Brasil inteiro enfrenta. Como todo brasileiro, Emerson Fittipaldi acredita que vai resolver esta questão com seu trabalho. Ele tem confiança no futuro do panorama econômico do país e na saúde financeira de suas empresas.

Emerson Fittipaldi enfatiza que nunca se negou a dar entrevistas sobre o assunto e que busca parcerias e soluções para esta situação. O escritório de Emerson sempre esteve aberto e acessível a todos no mesmo endereço há mais de 20 anos.

Os carros de competição e troféus conquistados pelo bicampeão de Fórmula 1 e das 500 milhas de Indianápolis pertencem a um Museu dedicado a todos os brasileiros que amam automobilismo e, assim que esta questão for resolvida, voltarão ao local de origem. Emerson lamenta muito o ocorrido, mas não se abate diante das dificuldades e está confiante na solução destes problemas



Fonte : Uol Esporte
Foto   : Net

Funk nas Olimpíadas - Hypolito usará hit de Anitta na Rio-16

O hit da cantora Anitta será usado por Daniele Hypolito no Rio de Janeiro caso ela consiga a sua classificação para os Jogos Olímpicos. Apesar de a vaga ainda precisar ser garantida no neste mês durante o evento-teste, a ginasta já prepara com o afinco a coreografia que pretende usar em agosto para levantar o público na Arena da Barra. A apresentação no solo contará ainda com trechos de "Bang", a nova música da funkeira carioca.

"Escolhi estas duas músicas pois chamam a atenção e são muito conhecidas dos cariocas e de quase todas as pessoas. Vou competir em casa, então quero empolgar o público. Me senti superbem desde que fiz os primeiros treinos. Sou muito fã da Anitta e isso também ajuda", contou Daniele em entrevista ao UOL Esporte.

"Sou bem eclética quanto a gosto musicais, mas tenho uma playlist com todas as músicas de todos os discos dela, até aquelas do começo de carreira", completou.

A nova série de Daniele começou a ser preparada em fevereiro deste ano e foi apresentada pela primeira vez no Troféu Cidade de Jesolo (ITA), uma competição amistosa realizada no mês passado. Entretanto, por ainda estar muito "crua", a coreografia não será utilizada no evento-teste, entre os dias 16 e 18. Isso porque a competição só garantirá quatro seleções na Rio-16 entre as oito participantes. Será a última chance de classificação.

"A ideia era usar no evento-teste, mas ainda tem muita coisa para ser acertada. Deixar uma apresentação excelente exige bastante tempo. Em Jesolo, por exemplo, perdi muitos pontos na parte de coreografia e outros detalhes. Então no evento-teste, no qual qualquer erro pode fazer a diferença, ainda utilizarei minha coreografia antiga, que tenho muito mais segurança para executar. Foi a mesma que usei no Pan de Toronto (quando ajudou o time brasileiro a ficar com o bronze). E para você ter uma ideia, eu levei um ano e meio para deixa-la perfeita", explicou.


Aos 31 anos, Daniele caminha para a sua quarta participação olímpica. No momento, ela treina em Curitiba com toda a seleção brasileira para aprimorar os últimos detalhes para a participação no evento-teste. A equipe feminina se viu obrigada a participar da competição após não garantir a vaga olímpica no campeonato Mundial de Glasgow (ESC) no ano passado. O Brasil terminou na nona colocação e apenas as oito primeiras tinha vaga diretas. As principais rivais agora pelas quatro vaga restantes devem ser França, Alemanha e Romênia.

"Acredito muito que conseguiremos a vaga. Estou bem tranquila quanto a isso. Estamos trabalhando muito fortes. O nono lugar no Mundial mostra que temos totais condições", analisou.

Se a classificação vier mesmo, Daniele garante que convidará Anitta para acompanhar seus treinamentos e também dar dicas em sua apresentação.

"Até agora não tive muito tempo para fazer este contato com ela por causa das viagens neste início de temporada, mas certamente farei. Não existe ninguém melhor do que a Anitta para dar dicas, afinal ela que elaborou toda a coreografia da música, conhece todos os segredos. Hoje, no solo esta parte de coreografia conta muitos pontos e quero aperfeiçoar a apresentação", completou.



Fonte : UOL Esporte
Foto   : ESPN

Resumo do Campeonato Carioca - Esporte co Wagner Augusto

Depois de oito jogos sem vencer, o Bangu reencontrou as vitórias ao bater o Boavista por 2 a 1. Na partida válida pela quinta rodada da Taça Guanabara, disputada em Moça Bonita, o Alvirrubro tirou a invencibilidade do rival contra equipes de menor investimento. Os gols do encontro foram marcados por Magnum e Almir, de pênalti, para o Gigante da Zona Oeste, e Júlio César, para o Verdão de Saquarema.

Com o placar o Bangu deixou a última colocação e chegou aos quatro pontos na Taça Guanabara. Já o Boavista permaneceu com seis e está na quinta colocação. Na sequência da competição, a equipe de Moça Bonita enfrenta o Botafogo, em São Januário, no domingo, dia 10 de abril, às 18h30. Já a equipe de Saquarema pega o Flamengo, um dia antes, no sábado, às 16h, no Raulino de Oliveira.

Foto: João Carlos Gomes


FLAMENGO X BOTAFOGO FICAM NO EMPATE EM MINAS

O Botafogo esteve na frente do placar em duas oportunidades, mas não soube aproveitar a vantagem e acabou cedendo empate para o Flamengo. Apesar da reação, o Rubro-negro segue em momento terrível na temporada, já que não sabe o que é vencer há seis jogos. Joel Carli e Rodrigo Lindoso fizeram para o Alvinegro, enquanto Alan Patrick e Marcelo Cirino marcaram para o Fla.

Com o resultado, o Botafogo chega aos oito pontos e se mantém na terceira posição da Taça Guanabara. Já o Flamengo, chega aos seis pontos, mas permanece na sexta colocação. O Rubro-negro é o único grande fora da zona de classificação para as semifinais do Carioca.


EM JOGO FRACO, CABOFRIENSE PERDE PARA A PORTUGUESA NO RIO

A Portuguesa deu um passo a mais para acabar com qualquer chance de rebaixamento para a Série B do Campeonato Carioca ao derrotar a Cabofriense por 1 a 0 na tarde deste domingo (3) no Luso Brasileiro, gol anotado por Victor Hugo ainda na primeira etapa.
Com esse resultado, a Portuguesa chega aos sete pontos ganhos, três a frente do America, primeiro time na zona de rebaixamento. A Cabofriense permanece com quatro, só ficando fora do Z-2 por ter mais saldo de gols. Na próxima rodada, a Lusa encara o America no Giulite Coutinho e o Tricolor Praiano recebe o Bonsucesso no Alair Corrêa.



MESMO COM PÊNALTI PERDIDO, FLU VENCE E É LÍDER

Ainda invicto com Levir Culpi, o Fluminense venceu sua terceira partida consecutiva no início da noite deste sábado, em duelo válido pela quinta rodada da Taça Guanabara. A vítima da vez foi o Madureira, que levou dois gols de Cícero e um de Scarpa e perdeu por 3 a 1 no estádio Moacyrzão. O placar poderia ter sido maior, não fosse o pênalti desperdiçado por Fred.

O resultado coloca o Flu, ao menos temporariamente, na liderança da tabela. Com a vitória, o Fluminense - que chega a nove jogos de invencibilidade - alcança os 11 pontos, encaminha a classificação e ultrapassa o vice-líder Vasco, que soma dez e ainda entra em campo nesta quinta rodada. Os comandados de Jorginho pegam o Volta Redonda às 16h deste domingo, em São Januário.

O Madureira, por sua vez, segue sem vencer na Taça Guanabara e continua na última colocação da tabela, com apenas um ponto em cinco jogos.



MACAÉ PERDE PARA O TIGRES

O Tigres do Brasil teve uma vitória importante diante do Macaé neste domingo (03), em Los Larios. A Fera da Baixada venceu o adversário direto na luta pelas semifinais da Taça Rio por 3 a 2. Fabiano Oliveira, duas vezes, e Fabiano marcaram para a equipe de Xerém. Jones, também duas vezes, descontou para o Alvianil, que conheceu sua primeira derrota nesta fase do Carioca

Na próxima rodada o Tigres do Brasil enfrenta o Resende, novamente em casa, no domingo, dia 10 de abril, às 16h. Já o Macaé faz o seu último jogo longe dos seus domínios. Pega o Friburguense, um dia antes, no sábado, dia 9 de abril, às 19h30, no Eduardo Guinle.
Fonte: Fut Rio



VASCO EMPATA E ENTREGA LIDERANÇA AO FLU

O Vasco estava com a vaga nas semifinais nas mãos, mas vacilou neste sábado em São Januário e cedeu empate por 1 a 1 para o Volta Redonda. Com o resultado, o clube de São Januário adiou a classificação para a fase eliminatória do Estadual. Além disso, o Cruzmaltino viu a liderança da competição passar para o Fluminense, com os mesmos 11 pontos, mas com dois gols a mais no saldo.

Com isso, a vantagem muda de lado na briga pelo título da Taça Guanabara. Caso ambos os times vençam na próxima rodada, o Vasco agora terá que vencer o Fluminense, que teria o empate na última rodada para ficar com o troféu.

Sem concorrência, Tsuboi ganha 3 chances de ir à Olimpíada no tênis de mesa

Gustavo Tsuboi joga nesta sexta-feira no Pré-Olímpico Latino-Americano de Tênis de Mesa, em Santiago (Chile), buscando chegar à final para se garantir nos Jogos Olímpicos do Rio. Caso não tenha sucesso na empreitada, não tem problema. No sábado, tudo se repete. Depois, no domingo, também. Brasileiro melhor posicionado no ranking mundial, ele ganhou a oportunidade de ir à competição, em Santiago, sem nenhum rival nacional.

A Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM) poderia inscrever três atletas no torneio. Mas, como Hugo Calderano se garantiu na Olimpíada pelo título nos Jogos Pan-Americanos e cada país só pode ter dois representantes na chave de simples, só um brasileiro pode se classificar em Santiago. A comissão técnica, entretanto, abriu mão da concorrência interna.

Considerando que Tsuboi é, junto com Calderano, o jogador que teve melhores resultados no ciclo olímpico, determinou que, se o Brasil tiver um segundo representante na chave de simples, será Tsuboi. Ao não escalar outros brasileiros para irem a Santiago, aboliu a possibilidade de o mesa-tenista, que volta de lesão no cotovelo, acabar derrotado num confronto direto.

"É verdade que Tsuboi vem de poucos jogos nos últimos quatro meses, mas por outro lado ele esteve no top 50 nos últimos três anos. Hoje, podemos dizer que ele tem uma experiência e um nível melhor do que os outros", explica o técnico francês Jean-René Mounie, que tomou a difícil decisão de barrar a ida de Thiago Monteiro e Cazuo Matsumoto a Santiago.

Os dois seguem sonhando com a Olimpíada, mas só para jogar a competição por equipes. Em simples, só Tsuboi terá a chance de se unir a Calderano. Para tanto, precisa ser finalista nos torneios de sexta ou sábado, ou ser campeão no domingo.

Apesar da lesão, é favorito. Em 63.º lugar, é o único Top 100 do ranking mundial inscrito para o torneio. Seus concorrentes estão do 170.º lugar para baixo, com destaque para Brian Afanador, de Porto Rico, e Gaston Alto, da Argentina. O velho recurso de naturalizar jogadores chineses não foi utilizado por nenhum país latino-americano.

MULHERES - No feminino, três brasileiras estão em Santiago brigando para conseguir duas vagas no Rio. O agora técnico Hugo Hoyama teve que fazer uma escolha também difícil e deixou a veterana Lígia Silva de fora, convocando Caroline Kumahara (105.ª do ranking mundial), Lin Gui (124.ª) e a adolescente Bruna Takahashi (142.ª). A jovem, de apenas 16 anos, entrou na equipe apenas este ano e já desbancou a veterana.

No feminino, são seis vagas em jogo (para as finalistas dos três dias). Além das brasileiras, só a porto-riquenha Adriana Diaz (85.ª) e a mexicana Yadira Silva (142.ª) estão entre as 200 do mundo. Diaz também tem só 15 anos e é "freguesa" da caçula brasileira nas competições de base.

"Eu acredito muito que podemos conseguir as duas vagas. O que vou passar pra elas é o que sempre falo, que jogando totalmente concentradas as chances de vitória são grandes. Foi isso que eu aprendi com meu técnico. Não importa se no primeiro ou último dia, o importante é classificar", destaca Hoyama, cinco vezes olímpico.

Pela chave desta sexta-feira, Gui Lin tem caminho relativamente tranquilo até a semifinal, quando pode enfrentar a porto-riquenha. Se chegar à final, estará na Olimpíada. Do outro lado da chave estão Bruna e Carol, que podem se confrontar na semi por um lugar no Rio.


Fonte : R7
Foto   : cbtm.org.br

Vettel diz que Ferrari ainda não mostrou tudo o que pode na formula 1

Nem mesmo a diferença de 1s6 entre o melhor tempo da Mercedes e a melhor Ferrari na sexta-feira de treinos livres para o GP do Bahrein desanimou Sebastian Vettel. Terceiro colocado na última prova e piloto que tem estado mais próximo da dupla Nico Rosberg e Lewis Hamilton, o alemão acredita que a Scuderia pode melhorar seu desempenho para a prova de classificação, que será realizada a partir do meio-dia do sábado, pelo horário de Brasília.

"A Mercedes é a meta, foram muito rápidos nos dois treinos, então eles são os caras a serem batidos. Acho que podemos estar mais próximos - a sensação com o carro é boa, mas acho que há algumas coisas que ainda podemos melhorar."

Vettel cometeu alguns erros em sua volta mais rápida com os supermacios. Antes disso, tinha se colocado a meio segundo do líder Rosberg quando ambos usaram os pneus macios. Para a classificação, contudo, o tetracampeão reconhece que terá de melhorar seu desempenho se quiser ter qualquer chance. Para piorar o cenário, a Ferrari foi superada pela McLaren e Toro Rosso nesta sexta-feira.


"Acho que se quiser se classificar o mais na frente possível você tem de usar o supermacio, não acho que isso seja um segredo. Muitas pessoas fizeram sua lição de casa hoje, mas não fiz tudo o que podia porque paramos. Kimi fez várias voltas, então ainda foi um dia razoável. Acho que podemos melhorar."

Raikkonen, por sua vez, disse que a sexta-feira foi boa, "exceto pela minha volta mais rápida", dando indicativos de que também pode fazer mais ao longo do final de semana.

O segundo treino livre ainda acabou mais cedo para Vettel que, com 12 minutos para o fim, parou sua Ferrari na pista. "Não sabemos 100% [o que aconteceu]. Eu senti, saindo da curva 1, que tinha perdido a direção, então decidi parar. Obviamente, não queremos arriscar danificar o carro, mas é uma pena porque eu queria dar mais algumas voltas."

Os carros ainda voltam à pista para mais um treino livre, no sábado, a partir das 9h pelo horário de Brasília. A largada será ao meio-dia do domingo.




Fonte e Foto : UOL Esporte

Resumo da rodada no Rio - Esporte com Wagner Augusto

O caldeirão do Elcyr Resende de Mendonça fez mais uma vítima. Imbatível em casa, o Boavista derrotou o Madureira por 1 a 0 nesta quarta-feira (30), pela quarta rodada da Taça Guanabara, e voltou ao G-4, chegando aos seis pontos na segunda fase do Campeonato Carioca. O gol único da partida foi de Matheus Paraná, contando com um desvio de Daniel, defensor adversário, contra o patrimônio.
O Verdão agora encara o Bangu, no sábado, 16h, em Moça Bonita. Enquanto isso, o Madureira joga no mesmo dia, em Macaé, contra o Fluminense, às 18h30min.

Foto: Anderson Lima


EM JOGO MORNO BOTAFOGO VENCE O VOLTA REDONDA NA COLINA HISTÓRICA
Em uma partida com poucas emoções, o Botafogo jogou o suficiente para derrotar o Volta Redonda por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela quarta rodada da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca. Com o resultado, o Glorioso se manteve na zona de classificação para as semifinais e chegou aos sete pontos, trocando de posição com o Voltaço, que tem um ponto a menos.

Rodrigo Lindoso e Joel Carli anotaram os gols da tranquila vitória botafoguense. O público pagante foi o ponto negativo da partida, e o pior do Glorioso na temporada: apenas 905 pessoas.

O Botafogo volta a campo no sábado, quando faz o clássico da rodada contra o Flamengo, às 16h (de Brasília), no Estádio Municipal Mario Helênio, em Juiz de Fora (MG). No mesmo horário, só que no domingo, o Voltaço encara o Vasco em São Januário.



TABU MANTIDO: VASCO EMPATA NO FIM E JEJUM DO FLAMENGO CONTINUA
Vasco e Flamengo empataram por 1 a 1 em partida emocionante, disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. O resultado manteve o jejum rubro-negro, uma vez que a equipe da Gávea não derrota o tradicional adversário há oito jogos. Marcelo para o Flamengo e Riascos para o Vasco, marcaram os gols do clássico. O Vasco segue na liderança da Taça Guanabara com dez pontos ganhos, enquanto o time rubro-negro segue na sexta posição com cinco pontos e ainda fora da zona de classificação para a fase semifinal.

O clássico foi marcado por muitos lances de emoção e muitas jogadas violentas, quase sempre envolvendo o zagueiro Rodrigo e o atacante Paolo Guerrero. Além disso, muitas chances de gol foram criadas com destaque para Martín Silva que fez grandes defesas e garantiu a invencibilidade da equipe de São Januário.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Volta Redonda, em São Januário. O Flamengo terá o Botafogo pela frente, em Juiz de Fora.


FLUMINENSE VENCE E FICA EM SITUAÇÃO CONFORTÁVEL
O Fluminense assumiu a vice-liderança da Taça Guanabara ao derrotar o Bangu por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, em Edson Passos. O gol foi marcado por Gustavo Scarpa, em lance confuso que contou com a participação de Guilherme, do Bangu. O resultado fez o Tricolor das Laranjeiras chegar aos oito pontos ganhos e ficar mais perto da classificação para a próxima fase da competição. O time de Moça Bonita segue na sétima posição, com apenas dois pontos ganhos.

O Fluminense não repetiu a boa atuação da vitória sobre o Boavista, mas rendeu o suficiente para garantir um resultado importante. O time dirigido por Levir Culpi desperdiçou algumas oportunidades que poderiam ter garantido uma vitória mais folgada. O Bangu entrou com um esquema defensivo e não se afastou da defesa, mesmo em desvantagem no placar.

Antes do início do jogo, um cachorro apareceu no gramado e deu grande trabalho aos funcionários do estádio que levaram muito tempo para conseguir segurá-lo, para alegria da torcida.

Na próxima rodada, o Fluminense vai enfrentar o Madureira, no Moacyrzão. O Bangu vai receber o Boavista, em Moça Bonita.


CABOFRIENSE PERDE EM CASA E FICA EM SITUAÇÃO DELICADA
A partida foi bastante disputada, mas o Leão Carioca criou mais chances mesmo jogando no Estádio Correião, do adversário e venceu a partida. O time subiu duas posições e assumiu o primeiro lugar, com dez pontos ganhos em quatro jogos. Já o Cabofriense, segue com apenas qutro pontos conquistados, na quinta colocação e ainda corre riscos de ser rebaixado.