Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Funk nas Olimpíadas - Hypolito usará hit de Anitta na Rio-16

O hit da cantora Anitta será usado por Daniele Hypolito no Rio de Janeiro caso ela consiga a sua classificação para os Jogos Olímpicos. Apesar de a vaga ainda precisar ser garantida no neste mês durante o evento-teste, a ginasta já prepara com o afinco a coreografia que pretende usar em agosto para levantar o público na Arena da Barra. A apresentação no solo contará ainda com trechos de "Bang", a nova música da funkeira carioca.

"Escolhi estas duas músicas pois chamam a atenção e são muito conhecidas dos cariocas e de quase todas as pessoas. Vou competir em casa, então quero empolgar o público. Me senti superbem desde que fiz os primeiros treinos. Sou muito fã da Anitta e isso também ajuda", contou Daniele em entrevista ao UOL Esporte.

"Sou bem eclética quanto a gosto musicais, mas tenho uma playlist com todas as músicas de todos os discos dela, até aquelas do começo de carreira", completou.

A nova série de Daniele começou a ser preparada em fevereiro deste ano e foi apresentada pela primeira vez no Troféu Cidade de Jesolo (ITA), uma competição amistosa realizada no mês passado. Entretanto, por ainda estar muito "crua", a coreografia não será utilizada no evento-teste, entre os dias 16 e 18. Isso porque a competição só garantirá quatro seleções na Rio-16 entre as oito participantes. Será a última chance de classificação.

"A ideia era usar no evento-teste, mas ainda tem muita coisa para ser acertada. Deixar uma apresentação excelente exige bastante tempo. Em Jesolo, por exemplo, perdi muitos pontos na parte de coreografia e outros detalhes. Então no evento-teste, no qual qualquer erro pode fazer a diferença, ainda utilizarei minha coreografia antiga, que tenho muito mais segurança para executar. Foi a mesma que usei no Pan de Toronto (quando ajudou o time brasileiro a ficar com o bronze). E para você ter uma ideia, eu levei um ano e meio para deixa-la perfeita", explicou.


Aos 31 anos, Daniele caminha para a sua quarta participação olímpica. No momento, ela treina em Curitiba com toda a seleção brasileira para aprimorar os últimos detalhes para a participação no evento-teste. A equipe feminina se viu obrigada a participar da competição após não garantir a vaga olímpica no campeonato Mundial de Glasgow (ESC) no ano passado. O Brasil terminou na nona colocação e apenas as oito primeiras tinha vaga diretas. As principais rivais agora pelas quatro vaga restantes devem ser França, Alemanha e Romênia.

"Acredito muito que conseguiremos a vaga. Estou bem tranquila quanto a isso. Estamos trabalhando muito fortes. O nono lugar no Mundial mostra que temos totais condições", analisou.

Se a classificação vier mesmo, Daniele garante que convidará Anitta para acompanhar seus treinamentos e também dar dicas em sua apresentação.

"Até agora não tive muito tempo para fazer este contato com ela por causa das viagens neste início de temporada, mas certamente farei. Não existe ninguém melhor do que a Anitta para dar dicas, afinal ela que elaborou toda a coreografia da música, conhece todos os segredos. Hoje, no solo esta parte de coreografia conta muitos pontos e quero aperfeiçoar a apresentação", completou.



Fonte : UOL Esporte
Foto   : ESPN