Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Abertura da Paralimpíada terá samba, dança adaptada e surpresa na pira

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, novidades sobre a Cerimônia de Abertura dos Jogos Paralímpicos foram divulgadas. O evento contará com dança adaptada, milhares de voluntários e cantores como Diogo Nogueira, Maria Rita e Xande de Pilares.

Marcelo Rubens Paiva, escritor, dramaturgo e um dos diretores da Cerimônia, falou sobre a importância da abertura. "A partir de Atenas 2004, os Jogos Paralímpicos ficaram com foco no movimento, na tolerância. A Cerimônia de Abertura ganhou um peso diferente por causa desse movimento, em busca de um mundo novo", colocou o também jornalista e cadeirante.

"Após meu acidente, aprendi que há humor entre deficientes. Nossa Cerimônia terá humor também", acrescentou Marcelo, que aos 20 anos fraturou uma vértebra do pescoço e ficou tetraplégico. Algum tempo depois, o escritor recuperou o movimento de mãos e braços após tratamento.

O diretor também comentou sobre um dos destaques da Cerimônia, a paratleta estadunidense Amy Purdy, medalhista de bronze no snowboarding para biamputados nas Paralimpíadas de Inverno de 2014. "A Amy será nossa Gisele Bundchen. Vai mostrar uma dança maravilhosa", comentou Marcelo.

Também foi divulgado que a pira será a mesma dos Jogos Olímpicos, mas em local diferente no Maracanã e com mudanças no acendimento, além de outras surpresas. A pira da candelária também estará novamente presente.

Na Cerimônia, que acontece no dia 7 de setembro, serão dois mil voluntários, 500 profissionais, 78 dançarinos, duas companhias de dança adaptada e artistas como Diogo Nogueira, Maria Rita, Pedrinho da Serrinha e Xande de Pilares.



Fonte e Foto : ESPN Brasil