Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Sayão elogia preparação e projeta bom trabalho na Cabofriense

A Cabofriense segue nos seus trabalhos de pré-temporada, visando a disputa da fase preliminar do Campeonato Carioca, que começa na segunda semana de janeiro. Na cidade de Vassouras, no sul do estado do Rio de Janeiro, os novos jogadores já realizam as atividades com o restante do elenco, a fim de se adaptarem e entrosarem com os demais jogadores.

Um dos reforços é o meia Rafael Sayão, que nesta temporada defendeu o Operário (MS) e o Trindade (GO). Formado na base do Atlético (GO), o jogador de 25 anos tem experiência por diversos clubes Brasil afora, como o CRAC (GO). No Rio de Janeiro, defendeu as cores do Goytacaz e acumula uma breve passagem pelo Audax. Sayão reagiu com tranquilidade ao início das atividades.

- Está sendo tudo tranquilo, já temos duas semanas de trabalho. O clube vai se adaptando aos poucos, o trabalho vem sendo bem feito. Agora é me dedicar cada vez mais para estar 100% fisicamente e pronto para o jogo - falou.

Rafael Sayão comentou a sua adaptação à nova equipe, principalmente como encaixar os estilos de jogo, seu e da equipe que está sendo formada. Para o jogador, o entrosamento que está sendo adquirido nestes primeiros dias de trabalho estão sendo proveitosos e vão ser primordiais para a sequência das atividades.


- Eu não conheço os jogadores, então aos poucos vou me encaixando e adaptando aos estilos de jogo, no setor da frente e do meio. Nós vamos nos juntando para solidificar cada vez mais o meio de campo e as jogadas saírem com mais tranquilidade. O time é alto, tem postura em campo e ao mesmo tempo vamos nos movimentando e dando característica.

O meia também falou, com felicidade, sobre disputar o Campeonato Carioca que, para ele, tem seu atrativo, assim como a equipe da Cabofriense. Sayão também comentou sobre a adaptação à cidade de Cabo Frio e como aproveitou seus primeiros dias na Região dos Lagos.


- O Campeonato Carioca é bem interessante, assim como o próprio clube, o que faz ser atrativo vir para cá. Não deu muito tempo para aproveitar bem a cidade, mas sempre que dá eu dou um pulo na orla. Conheci a Praia do Forte, que todo mundo falava e foi tudo bem, graças a Deus.

Sayão finalizou projetando a sua participação na equipe e que tudo vai fluir com tranquilidade, e ainda mandou um recado para a torcida da Cabofriense. Para Rafael, o torcedor pode esperar que ele dará seu máximo em campo.


- Temos que dar essa liga, a solidificação, para que as coisas possam sair naturalmente e facilmente. O torcedor pode esperar de mim um jogador que vai procurar os seus espaços para criar as jogadas. Vou dar o melhor de mim, pelo clube e por mim, também. Vou dar o meu máximo - concluiu.

A estreia da Cabofriense no Campeonato Carioca será na fase preliminar, no dia 11 de janeiro. O Tricolor Praiano encara o Campos, lutando por uma vaga na Taça Guanabara.


Fonte e Foto - Fut Rio

Com 3 gols na final, Cristiano Ronaldo iguala marca de Pelé no Mundial

O ano de 2016 foi especial na carreira de Cristiano Ronaldo. Autor de três gols na decisão do Mundial de Clubes neste domingo, na vitória por 4 a 2 sobre o Kashima Antlers no Japão, o português igualou uma marca que até hoje era exclusiva de Pelé.

Até este domingo, o ídolo brasileiro era o único jogador na história do Mundial de Clubes (contando a fase de Copa Intercontinental, pré-Fifa) a marcar três vezes na partida final. Pelé conseguiu a façanha na decisão de 1962, quando o Santos derrotou o Benfica em Lisboa por 5 a 2.

Neste domingo, Cristiano Ronaldo marcou uma vez no tempo regulamentar, em que o Real Madrid empatou com o Kashima Antlers por 2 a 2. Mas a capacidade de decisão do português apareceu na prorrogação, quando o camisa 7 balançou as redes em duas oportunidades.

De quebra, Cristiano Ronaldo também se tornou o único jogador na história a ganhar no mesmo ano Eurocopa, Liga dos Campeões, Mundial de Clubes e a Bola de Ouro da revista France Football.


Eleito o melhor jogador do campeonato no Japão, Cristiano Ronaldo comentou sobre o ano de 2016, com o desfecho com o título no torneio da Fifa.

"Foi um ano de sonho. Terminar assim não esperava, ganhar a final, fazer três gols", declarou o atacante do Real Madrid após a partida em Yokohama. "Se espera sempre mais de Cristiano, dou sempre o meu melhor. Quando não dou é porque não posso. Foi uma semana de muita alegria, primeiro ganhar a Bola de Ouro e depois o Mundial", completou o português.


Fonte : UOL Esporte

Renato Gaúcho renova por uma temporada

Renato Gaúcho segue no comando do Grêmio para a temporada 2017. No sábado (17), Gerson Oldenburg, empresário do técnico, confirmou o acordo em uma postagem no Instagram.

"Reunião finalizada com diretoria do Grêmio. Boa sorte, Renato Portaluppi! Mais um ano no Grêmio", escreveu o empresário. O contrato de Renato Gaúcho foi renovado depois de uma conversa na casa do vice-presidente do time gaúcho, Adalberto Preis. Odorico Roman e Saul Berdichevski, cartolas gremistas, também participaram do encontro.

Os valores ainda não foram divulgados oficialmente, mas segundo informações do jornal "Zero Hora", o novo contrato vale até dezembro de 2017, e o treinador receberá um salário de aproximadamente R$ 500 mil por mês. Renato está em férias e não participou da reunião.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, também no sábado, o empresário do treinador disse que houve uma valorização financeira depois do título da Copa do Brasil. "É a terceira passagem dele no Grêmio, todas elas foram muito boas, essa última com o título. Achávamos justo ele ter um reajuste, uma gratificação, e que pudesse ficar tranquilo para trabalhar. Isso aconteceu", falou Gerson Oldenburg.


Da desconfiança para a Copa do Brasil

Renato Gaúcho, que já foi ídolo do Grêmio como jogador, voltou a ser ovacionado nesta temporada. Ele assumiu como treinador em setembro, quando a equipe passava por um momento de desconfiança e logo depois da queda de Roger Flores, com um contrato que iria até o final de 2016.

Sob seu comando, o time se reintegrou e subiu de produção, até chegar ao título da Copa do Brasil na decisão diante do Atlético-MG. O Grêmio não faturava um campeonato nacional desde 2001.
Lucas Uebel/Grêmio FBPA Técnico Renato Gaúcho abraça a filha, Carol Portaluppi, no gramado em jogo do Grêmio

Com o título, o time garantiu vaga na Libertadores de 2017 e, agora, assegura também a presença do treinador no banco de reservas. Mais uma vez será a chance de tentar acabar com um longo jejum. O Grêmio não vence o torneio americano desde 1995, quando fatutou a taça depois de vencer o Atlético Nacional, da Colômbia.

Renato Gaúcho e a equipe do Grêmio seguem em férias. O elenco se reapresenta em janeiro para uma temporada cheia de compromissos. A equipe inicia o ano no Campeonato Gaúcho e depois soma Libertadores, Copa da Primeira Liga, Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil.

Fonte: Esporte - iG 

Colunista Wagner Augusto - Esporte

BOTAFOGO VENCE E SE GARANTE NA PRÉ-LIBERTADORES


O golaço foi do volante Bruno Silva, mas a camisa mostrava o número 8 acima do nome de Cléber Santana, homenageado com o tento que decretou o Botafogo na próxima edição da Copa Libertadores da América. Atuando na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Glorioso contou com a boa atuação do goleiro Sidão e falta de pontaria do Tricolor para vencer por 1 a 0, mesmo com um jogador a menos durante todo o segundo tempo.


FLAMENGO EMPATA E TERMINA EM TERCEIRO


O Flamengo não sentirá o cheirinho de R$ 3,4 milhões em 2017. O Rubro-Negro empatou sem gols com o Atlético-PR, neste domingo, na Arena da Baixada, e perdeu a vice-liderança para o Santos. Já o Furacão se beneficiou da derrota do Corinthians para o Cruzeiro e garantiu uma vaga na pré-Libertadores.
O time dirigido por Zé Ricardo subiu ao gramado sintético da Arena da Baixada com a missão de garantir a segunda posição na última rodada do Campeonato Brasileiro. O desempenho, no entanto, foi muito abaixo do que os torcedores se acostumaram a ver na competição. Foram as defesas de Alex Muralha que salvaram o time de uma derrota.

FLUMINENSE EMPATA E AFUNDA O INTER


O Internacional tinha uma difícil missão neste domingo: vencer o Fluminense e ainda torcer por tropeços de Vitória e Sport, mas não conseguiu nem fazer a sua parte. Na rodada final do Campeonato Brasileiro, o Colorado gaúcho atuou muito mal e não saiu de um empate em 1 a 1 contra o Fluminense, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita.
Os dois gols saíram no segundo tempo: Douglas abriu o placar para o Flu, e Gustavo Ferrareis empatou para o Inter. A igualdade decretou o rebaixamento inédito do Colorado à segunda divisão do Campeonato Brasileiro em 2017.
O Inter fechou a competição na 17ª posição com 43 pontos em 38 rodadas. Foram 11 vitórias, 10 empates e 17 derrotas. Já o Flu ficou em 13º com 50 pontos.



COMO TODOS JÁ SABIAM, ATLÉTICO X CHAPECOENSE PERDEM POR WO

O protocolo foi cumprido: os árbitros compareceram à Arena Condá, a bola foi a campo, mas sem jogadores. Sem clima para o jogo rolar devido ao acidente aéreo que matou 71 pessoas na Colômbia, o duelo entre Chapecoense e Atlético-MG foi cancelado após comum acordo entre os clubes e Confederação Brasileira de Futebol. Sem o jogo, o WO duplo foi decretado neste domingo.
Tudo o que acontece normalmente em uma partida ocorreu para o jogo ser realizado. Além do trio de arbitragem, o estádio contava ainda com seguranças, policiais, bandeirinhas de escanteio colocadas e portões abertos para presença dos torcedores. Mas somente o Pitico do Condá, cachorro adotado por funcionários e querido por torcedores, brincou no gramado. Fora isso, doze pessoas entraram no local para tirar fotos.
Como já tinha sido informada a ausência das duas agremiações, os árbitros não se deram o trabalho de subirem ao gramado. Aguardaram as escalações nos vestiários e, sem receber o documento, decretaram o WO duplo com derrota de 3 a 0 para os dois – que não cria nenhum problema para nenhuma parte.
O Atlético termina o Campeonato Brasileiro na quarta posição, com 62 pontos e garantido na fase de grupos da Libertadores em 2017. A Chape, campeã da Sul-Americana e também garantida na Liberta, fica no meio da tabela, com 52 pontos.


Foto:Prefeitura de Chapecó