Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Colunista Wagner Augusto - Flu perde a primeira da decisão com gol em falha de zagueiro

O Flamengo venceu o Fluminense na primeira partida da final do Campeonato Carioca de 2017, no Maracanã, na tarde deste domingo. Com um gol de Everton no primeiro tempo, o Rubro-negro saiu na frente e leva a vantagem de um empate para o segundo jogo, que será realizado daqui a uma semana, também no estádio Mário Filho.
Apesar da derrota, o Tricolor Carioca terá uma semana livre de compromissos e poderá se dedicar inteiramente para a próxima partida da decisão. Já o time de Zé Ricardo tem partida decisiva para sua classificação à próxima fase da Libertadores da América, na quarta-feira, diante do Universidade Católica-CHI, no Maracanã.


O Flamengo deu um importante passo para conquistar o 34º título do Campeonato Carioca neste domingo ao vencer o Fluminense por 1 a 0, no Maracanã. O gol marcado por Everton ainda no primeiro tempo saiu após uma falha grotesca do zagueiro Renato Chaves, que furou a bola e viu o adversário estufar as redes. 

O resultado permite que o Flamengo seja campeão estadual até com um empate no segundo jogo da final, no próximo domingo. 

O Fluminense reverte a vantagem e levanta a taça com vitória de dois gols de diferença. Caso o Tricolor repita o placar do primeiro duelo, o título será definido nos pênaltis. 

Fluminense muda postura e 'entra em campo' no 2º tempo 

O técnico Abel Braga foi para o intervalo com cara de poucos amigos. A bronca deve ter sido pesada no vestiário já que o Fluminense voltou com postura completamente diferente da etapa inicial. Com muita disposição, o Tricolor passou levar perigo ao Flamengo. O Rubro­negro, porém, se organizou e manteve o placar. 

Flamengo pressiona e sai na frente em falha do Flu 

O Flamengo entrou em campo decidido e conquistar a vitória no primeiro jogo da final do Carioca. Desde o primeiro minuto, o Rubro­Negro se mostrou superior ao adversário e esteve próximo de abrir o placar em diversas situações. Ironicamente isso só ocorreu quando Renato Chaves teve falha bizarra ao furar a bola e deixa­la limpa para Everton fazer o primeiro. 

Torcidas de Fla e Flu fazem a festa no Maracanã 

É bem verdade que as torcidas de Flamengo e Fluminense não lotaram o Maracanã. Mesmo assim, o estádio recebeu um bom público para o primeiro jogo das finais do Carioca. Além disso, rubro­negros e tricolores estavam animados e fizeram bela festa.

Rivais decidem título após 26 anos 

Flamengo e Fluminense voltaram a decidir um título do Campeonato Carioca após 26 anos. A última vez foi em 1991. Liderado por Júnior, o Rubro­negro se sagrou campeão. Em 1995, o Tricolor levou a melhor no jogo do gol de barriga de Renato Gaúcho. No entanto, o confronto era válido pela última rodada de um octogonal decisivo. 

Tite recebe pedido inusitado no Maracanã 

Tite marcou presença no Maracanã, onde seguiu de perto o primeiro jogo da final entra Flamengo e Fluminense. No estádio, o treinador recebeu um pedido inusitado. Ao passar por um torcedor do Flamengo, Tite escutou algo que o surpreendeu: 

"Convoca o Parazinho, está voando", disse o rubro­negro. 

O treinador da seleção brasileira mostrou­se surpreendido com a manifestação, deu um sorrido amarelo e fez um sinal de positivo para a dupla. 

FLUMINENSE 0 X 1 FLAMENGO 

Data/ hora: 30/04/2017, às 16h (de Brasília) 
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) 
Árbitro: João Batista de Arruda 
Auxiliares: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Wagner de Almeida Santos 
Público e renda: 40.898 presentes / 34.926 pagantes / R$ 1.660.605,00 

Gols: Everton, aos 33min do primeiro tempo

Cartões amarelo: Henrique, Léo e Sornoza (FLU) Trauco, Marcio Araújo e Mancuello (FLA) 

FLUMINENSE Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel (Douglas) e Sornoza; Wellington Silva (Marocs Jr), Richarlison (Pedro) e Henrique Dourado Técnico: Abel Braga 

FLAMENGO Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Romulo (Mancuello) e Willian Arão; Berrío (Matheus Sávio), Everton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo


Foto e Fonte : UOL Esporte

Bottas vence e Massa é o 9º

Com uma ótima largada, Valtteri Bottas conquistou sua primeira vitória na Fórmula 1. No GP da Rússia deste domingo (30), o finlandês pulou à frente das Ferraris logo no início e caminhou para o triunfo. 

Líder do campeonato, Sebastian Vettel foi o segundo, com Kimi Raikkonen em terceiro. O brasileiro Felipe Massa caminhava para terminar na sexta colocação. Um pneu furado na volta 43, no entanto, o obrigou a uma nova parada. O piloto da Williams completou a prova na nona colocação. 

Em um GP muito abaixo do esperado, Lewis Hamilton terminou apenas na quarta colocação e viu a vantagem de Sebastian Vettel na liderança do Mundial aumentar. Agora, o alemão soma 86 pontos, com o britânico com 73. 

A próxima corrida do Mundial de Fórmula 1 está marcada para 14 de maio, em Barcelona, na Espanha.  


Depois do feito de conseguir largar à frente de Lewis Hamilton, Valtteri Bottas brilhou logo no início da prova. Na largada, o finlandês passou as duas Ferraris e assumiu a ponta da prova. A partir daí, conseguiu manter o forte ritmo até o momento de sua parada, na volta 28, quando Sebastian Vettel começou a tirar a diferença. O finlandês, porém, conseguiu segurar o ritmo da Ferrari e caminhar para sua primeira vitória na categoria. A tensão era tanta que durante a perseguição de Vettel, Bottas chegou a pedir para a equipe que conversasse o menos possível no rádio. A perseguição de Vettel durou até a última volta. Nela, Bottas esperou o tempo certo para ultrapassar Felipe Massa e deixar o brasileiro entre ele e a Ferrari do Alemão.  

O alemão, inclusive, chegou a mostrar o dedo do meio para o brasileiro ao ultrapassá­lo. Pneu furado atrapalha Felipe Massa. 

O brasileiro, porém, acabou ficando muito distante de Max Verstappen – Daniel Ricciardo abandonou na volta 5. Com isso, coube ao piloto da Williams se preocupar com as Force India. Depois de conseguir manter o sexto posto na largada, Massa controlava a diferença para as Force India, mesmo tendo parado nos boxes muito antes que seus concorrentes. 

A corrida do brasileiro, no entanto, ficou prejudicada quando foi obrigado a parar mais uma vez nos boxes, na volta 43, por causa de um pneu furado. Com isso, a nona colocação foi o que restou a Massa. 

Galvão cita Bottas para defender Massa 

A boa largada e atuação de Valtteri Bottas no GP da Rússia serviram para Galvão Bueno mandar um recado aos críticos de Felipe Massa. Durante as primeiras voltas, o narrador usou o tempo para valorizar o desempenho do brasileiro quando tinha o finlandês como seu companheiro de equipe. 

"O Bottas mostrando o que é serve muito aos detratores do Felipe Massa. Principalmente aqueles que às vezes nas redes sociais – temos, infelizmente, um certo número daqueles que não tem educação e nem ali deveriam estar. Acho muito bom que esteja acontecendo isso, porque foram dois anos que eles estiveram ali, juntos, de igual para igual, dividindo posições, pontos, levando a Williams à terceira colocação", iniciou Galvão.

 "Aos detratores de plantão do Felipe Massa, lembrem ­se dos últimos anos o que aconteceu com o Massa e o que já está fazendo o Valtteri Bottas, que é bom demais", completou.

O inferno astral de Fernando Alonso continua. Classificado em 15º, o espanhol nem sequer conseguiu largar na Rússia. Durante a volta de apresentação, a McLaren voltou a apresentar problemas e o carro deixou o piloto na mão perto da entrada dos boxes. Temperatura vira um problema A temperatura do autódromo de Sochi se mostrou um problema para os pilotos. A primeira vítima foi Daniel Ricciardo: o australiano abandonou a corrida logo na quinta volta, por causa de superaquecimento dos freios. No pelotão da frente, quem mais parecia ter problemas era Lewis Hamilton. Na volta 15, o britânico chegou a virar um segundo mais lento que os principais adversários. No rádio, questionava a todo instante a Mercedes sobre o superaquecimento. Apenas a partir da volta 23 que Hamilton teve a informação da equipe de que as temperaturas estavam abaixando. 

Confira a classificação final do GP da Rússia: 

1 – Valtteri Bottas – Mercedes – 52 voltas 
2 – Sebastian Vettel – Ferrari – a 0s617 
3 – Kimi Raikkonen – Ferrari – a 11s 
4 – Lewis Hamilton – Mercedes – a 36s320 
5 – Max Verstappen – Red Bull – a 60s416 
6 – Sergio Perez – Force India – a 86s788 
7 – Esteban Ocon – Force India – a 95s004 
8 – Nico Hulkenberg – Renault – a 96s188 
9 – Felipe Massa – Williams – a 1 volta 
10 – Carlos Sainz Jr. – Toro Rosso – a 1 volta 30/04/2017 Bottas segura Vettel no final e vence a primeira na Fórmula 1; Massa é o 9º ­ Notícias ­ UOL Esporte https://esporte.uol.com.br/f1/ultimas­noticias/2017/04/30/gp­da­russia­de­formula­1.htm 4/4 
11 – Lance Stroll – Williams – a 1 volta 
12 – Daniil Kvyat – Toro Rosso – a 1 volta 
13 – Kevin Magnussen – Haas – a 1 volta 
14 – Stoffel Vandoorne – McLaren – a 1 volta 
15 – Marcus Ericsson – Sauber – a 1 volta 
16 – Pascal Wehrlein – Sauber – a 2 voltas 

Não completaram 

Daniel Ricciardo – Red Bull – 5 voltas completadas 

Romain Grosjean – Haas – 0 voltas completadas 

Jolyon Palmer – Renault – 0 voltas completadas 

Fernando Alonso – McLaren – Não largou


Fonte : UOL Esporte
Foto   : Reuters - Mark Thompson

Torneio de Futevôlei agitou Iguaba Grande

Esse último sábado, 22, foi dia de esporte na Cidade. A Prefeitura de Iguaba Grande, através do Departamento de Esportes, realizou o Torneio de Futevôlei, que além da participação de atletas da Região contou com a presença do Jogador profissional de futebol Maciel, conhecido por atuar em varias equipes brasileiras e internacionais.

O Torneio aconteceu na Arena de Cidade Nova com grupos de 12 duplas, divididas em quatro grupos. Quem ganhou o primeiro lugar foi a dupla Maciel e Mão, da Cidade de Cabo Frio. Em segundo lugar, Pacheco e Lik, de Araruama e em terceiro, Meme e Igor, de Praia Linda, em São Pedro da Aldeia.

Quem também participou do jogo e ressaltou sobre a importância do esporte, foi o vice-prefeito de Iguaba Grande, Leandro Coutinho. “O nosso intuito é sempre procurar promover a prática esportiva, além de todo tipo de exercício físico. Como o futevôlei é um esporte que não é muito praticado, resolvemos criar essa interação entre os atletas do município”, destacou Leandro, que também é jogador de futevôlei, inclusive recebendo diversos troféus pela modalidade.

Além de Torneios como esse, a Prefeitura tem disponibilizado para os moradores de todas as idades, aulas gratuitas de vôlei, futsal, treinamento funcional e jogo de câmbio. Para mais informações sobre as inscrições é necessário comparecer ao Departamento de Esportes, que fica localizado no Prédio da Secretaria Municipal de Educação e Cultura.



Fonte : Blog Eterno Aprendiz
Foto   : Alvaro Neves

Colunista Wagner Augusto - Fla x Flu na decisão do Carioca

Fluminense e Vasco fizeram um grande jogo na noite deste sábado pela semifinal do Campeonato Carioca, e o Tricolor levou a melhor. Com uma boa atuação, a equipe das Laranjeiras conquistou uma convincente vitória por 3 a 0 e está na final do Estadual. Richarlison, Wellington e Léo marcaram os gols da noite.
O Flu agora enfrentará o Flamengo que venceu o Botafogo na tarde deste domingo no Maracanã. As finais serão nos próximos dois domingos, dias 30/04 e 07/05.


Foto: Nelson Perez


FLAMENGO BATE O BOTAFOGO E VAI À FINAL COM O FLU

O Flamengo conquistou a segunda vaga na final do Campeonato Carioca de 2017, aos derrotar o Botafogo por 2 a 1 na tarde deste domingo, no Maracanã. O peruano Paolo Guerrero marcou os dois gols do Rubro-Negro, e Sassá diminuiu, todos no segundo tempo.
O adversário do Fla na final será o Fluminense, que no sábado venceu o Vasco por 3 a 0, na outra semifinal. A decisão será em dois jogos, a serem disputados em dois domingos seguidos, nos dias 30 de abril e 7 de maio.



Antes da final, o Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, quando visita o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, pela quarta rodada do grupo 4 da Libertadores. O Flamengo lidera com 6 pontos, dois a mais que os paranaenses.
Já o Bota tem compromisso pela Copa do Brasil, também na quarta, no Engenhão. O adversário será o Sport, na primeira partida das oitavas de final.

Foto: Gilvan de Souza

Com gol de Falcão, Sorocaba goleia pela Liga Nacional de Futsal


Depois de um empate na estreia, Sorocaba venceu a primeira na Liga Nacional de Futsal de 2017. Na noite de sexta-feira, a equipe do interior paulista visitou Concórdia, em Santa Catarina, mas não teve dificuldades para golear por 5 a 2.

O craque Falcão marcou o seu, assim como Rodrigo e Lé, mas Pixote foi o destaque com dois gols. Pesk também foi às redes duas vezes, mas não evitou a derrota dos donos da casa.

Com quatro pontos após duas rodadas, o Sorocaba se coloca entre os líderes da competição e promete mais uma vez brigar pela taça. Já o Concórdia começa a ficar preocupado depois de duas derrotas seguidas.

Na próxima rodada, o time de Falcão jogará de novo fora de casa. Dia 4 de maio, o desafio será diante do Jaraguá. Concórdia também terá de viajar. Na próxima sexta, a equipe buscará a reabilitação frente ao Guarapuava, no Paraná.


Fonte : UOL Esporte
Foto   : Divulgação



Ciclista italiano é atropelado durante treino e morre



Um dos principais ciclistas italianos, Michele Scarponi morreu aos 37 anos. 
Ele sofreu um acidente durante o treino e não resistiu. O competidor foi atropelado por uma van. 

De acordo com a Astana, equipe de ciclismo do atleta, Scarponi estava próximo de sua residência, em Le Marche. O motorista da van não teria visto o competidor e acabou o atropelando. 

"Esta é uma tragédia muito dolorosa para ser escrito. Nosso atleta Michele Scarponi morreu esta manhã enquanto ele estava treinando em sua bicicleta", disse a Astana em nota. 

Uma das principais conquistas de Scarponi no ciclismo foi o Giro da Itália em 2011. 

Scarponi deixa uma mulher e dois crianças.


Fonte : UOL Esporte
Foto   : Alessandro Garofado


Dirigente é banido do futebol após beijar e morder a orelha de árbitro

O presidente do Sfaxien, time da Tunísia, bateu todos os recordes de falta de noção ao protestar contra a arbitragem. E pagou caro por isso.

Moncef Khemakhem foi banido do futebol pela federação local depois de beijar e morder a orelha de um árbitro, além de provocar um auxiliar beliscando seu glúteo. 

A explosão de Khemakhem aconteceu na partida contra o Etoile du Sahel. Sua equipe vencia por 2 a 1 quando o árbitro marcou um pênalti duvidoso para o adversário, que converteu e empatou. O dirigente, então, não controlou sua fúria. 

Imagens mostram Khemakhem invadindo o campo com um sorriso na direção do árbitro, aplaudindo e fazendo sinal de "joia". 

Ele, então, abraça o árbitro, dá um beijo em seu rosto e morde rapidamente sua orelha. Na sequência, ainda aperta a bochecha do mesmo. Coincidentemente ou não, o Sfaxien ganhou a partida por 3 a 2, beneficiado também por um pênalti duvidoso assinalado aos 30min do segundo tempo. 

"Decidimos fazer valer nossos direitos com nossos dentes e nossos dedos", comentou o dirigente depois do jogo. 

As declarações, inclusive, foram levadas em consideração pela federação. Afinal, Khemakhem ainda admitiu ter beliscado o glúteo do auxiliar duas vezes 

"para elevar seu moral, já que ele havia se perdido no jogo". 

Além de ser banido pela federação tunisiana, o presidente do Sfaxien foi multado em cerca de R$ 40 mil. Na decisão, a entidade apontou comportamento perigoso e antidesportivo, assédio moral, assédio sexual e falta de boas maneiras.


Fonte : UOL Esporte
Foto   Reprodução vídeo



Colunista Wagner Augusto : Vasco campeão e se torna o REI DA TAÇA RIO!

VASCO É CAMPEÃO E SE TORNA O MAIOR VENCEDOR DO SEGUNDO TURNO

O Vasco se tornou o maior vencedor da Taça Rio. Em partida disputada neste domingo, no estádio Nilton Santos, o time de São Januário derrotou o Botafogo por 2 a 0 e conquistou o segundo turno do Campeonato Carioca.
Agora, o Vasco chegou a dez títulos da Taça Rio, superando o Flamengo que tem nove taças. Os gols do clássico foram marcados por Douglas e Luis Fabiano, ambos no segundo tempo. O Fabuloso, finalmente, quebrou seu jejum com a camisa cruz-maltina.
A vitória do Vasco foi justa porque o time, depois de um primeiro tempo inseguro, dominou completamente a segunda etapa e ainda foi favorecido pela expulsão de Marcelo no início do segundo tempo. Escalado com uma equipe reserva, o Botafogo lutou muito, mas acabou perdendo o gás depois que ficou inferiorizado numericamente.

Foto: Carlos Gregorio Jr. - C.R.Vasco da Gama

Jacaré cai nocauteado


A derrota sofrida neste sábado (15) pode custar caro para o brasileiro Ronaldo Souza no UFC. Em Kansas City (EUA), Jacaré foi nocauteado por Robert Whittaker e perdeu grande chance de se credenciar a disputar o cinturão dos médios (84 kg) em sua próxima luta. 

Jacaré vinha de duas vitórias e aumentava a pressão sobre Dana White para deixá-­lo lutar pelo cinturão. A derrota é um golpe nas ambições do brasileiro, que de certa forma já foi preterido quando o UFC escolheu George St. Pierre como próximo adversário do atual campeão Michael Bisping. 

Depois de parecer estar tão perto, Jacaré volta ao final da fila. Agora quem ganha preferência entre os desafiantes é Yoel Romero ou quem sabe Gegard Mousasi. 

O próprio Whittaker também pavimenta seu caminho rumo à disputa do cinturão da categoria. "Bisping me deve uma luta, nós deveríamos ter lutado há algum tempo", lembra o australiano, referindo-­se a um combate casado antes de Bisping vencer o cinturão mas nunca realizado.

 "Ele agora está indo bem nos objetivos dele, mas, bem, ele me deve uma luta." 

Whittaker defende bem e resolve na trocação O australiano se defendeu bem no primeiro round, mantendo Jacaré à distância e mostrando boa trocação. O brasileiro tentou resolver no chão por ser faixa preta em jiu­jitsu, mas Whittaker conseguiu se livrar da armadilha. Depois, Whittaker acertou ótimo golpe e derrubou o brasileiro, mas não conseguiu resolver de cima para baixo e preferiu fugir do chão. Em seguida, alguns golpes do australiano entraram, e Jacaré não teve o mesmo poderio. Em uma das piores lutas de sua carreira, o brasileiro foi irreconhecível, mal acertou o adversário e acabou nocauteado aos 3:28 do segundo round.



Fonte e Foto : UOL Esporte

Somente 15 concluíram "Corrida Maluca". A Ultra maratona mais dura do mundo.

Inusitada, bizarra, sádica. A mais difícil do mundo. Não faltam definições para a Barkley Marathon, conhecida como a ultramaratona mais dura do planeta. E todas elas tentam trazudir a longa lista de excentricidades da corrida que acontece anualmente no Frozen Head State Park, no Tennessee (EUA). 

A prova tem aproximadamente 160 km. A distância não é precisa por um simples motivo: a corrida é dividida em 5 voltas dentro de uma floresta e dois terços dessa volta são em mata fechada. Ou seja, cada participante percorre uma distância diferente do outro. Não há pontos de apoio com água e equipe médica ou postos de controle. O que comprova que o corredor percorreu a volta corretamente são os livros espalhados estrategicamente pelo percurso. 

Cada corredor precisa encontrar os livros e destacar a página correspondente a seu número de peito. Ao retornar para o ponto de largada/chegada, ele precisa mostrar todas as páginas para validar mais uma volta. A Barkley Marathon começou em 1986. Ela surgiu com base na fuga de James Earl Ray, o assassino de Martin Luther King, que fugiu da penintenciária Brushy Mountain State e se perdeu no parque montanhoso. 

Em mais de 50 horas, ele percorreu só 10 km, aproximadamente, antes de ser capturado. Gary Cantrell, morador local, pensou: eu teria ido bem mais longe. E criou a prova, cujo percurso passa pelo presídio.

 Em 31 edições, só 15 pessoas conseguiram completar as cinco voltas dentro do tempo limite de 60 horas (são 12 horas por volta). Neste ano, John Kelly entrou para essa lista. Jared Campbell é o único tricampeão: ficou em segundo em 2012 e venceu em 2014 e 2016. O mistério é outro ingrediente importante da Barkley Marathon. 

A prova não tem site oficial. Quem quer figurar entre os 40 inscritos, precisa dar um jeito de encontrar Gary Cantrell, o diretor da corrida. Se tudo der certo, basta pagar US$ 1,60, levar uma placa de carro de sua cidade natal e um presente para Gary, que a cada ano escolhe o mimo. Uma camiseta branca, um par de meias e uma camisa xadrez foram alguns deles. 

O horário de largada também é surpresa: pode acontecer entre 23h de sexta­feira e 11h de sábado. Quando Gary toca uma buzina em forma de concha significa que falta uma hora para o início da corrida. A largada, por sua vez, é dada quando ele acende um cigarro no tradicional portão amarelo que marca o início e o fim das cinco voltas. O percurso também é surpresa. Na noite de sexta­feira, o organizador dá um mapa para os competidores. A cada ano o caminho costuma mudar, já que ele tenta aumentar a dificuldade. 

"Quase não há espaço para erros nessa prova. Um erro pequeno pode ser contornado, mas um deslize maior e você já era", disse Gary à Runners World. O interesse pela ultramaratona tem crescido nos últimos anos. Matérias sobre a aventura e até um documentário que está no Netflix (The Barkley Marathons, de 2014) a deixaram ainda mais 15/04/2017 160 km, presídio e só 15 concluintes: a ultramaratona mais dura do mundo ­. E todo ano dezenas de malucos tentam vencer essa corrida.


Fonte e Foto : UOL Esportes

Colunista Wagner Augusto - Resumo do futebol carioca

O Botafogo despachou o Fluminense na tarde deste domingo no Engenhão, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. O Alvinegro abriu 3 a 1 com Igor Rabello e Dudu Cearense, no primeiro tempo, e Sassá, no início do segundo. O Flu descontou no final com Richarlison, de pênalti, aos 42 da segunda etapa.
A vitória classificou a equipe de Jair Ventura para a final da Taça Rio, no próximo domingo. O adversário será o Vasco, que empatou em 0 a 0 com o Flamengo neste sábado e avançou por ter a vantagem do empate.
Botafogo e Fluminense têm compromissos na próxima quinta-feira. O Alvinegro visita o Atlético Nacional na Colômbia, pela segunda rodada do grupo 1 da Libertadores. Já o time das Laranjeiras encara o Goiás no Serra Dourada, pela quarta fase da Copa do Brasil.


Foto: B.F.R

NOVA IGUAÇU VENCE O BOAVISTA E É CAMPEÃO DO QUADRANGULAR EXTRA

Não há contestação: o Nova Iguaçu foi a quinta força do Campeonato Estadual de 2017. Neste domingo (9), a campanha foi consolidada com a vitória por 3 a 0 sobre o Boavista, no Jânio Moraes, e o consequente título do Quadrangular Extra da Taça Rio. É a segunda conquista dos laranjas, que levaram o mesmo troféu na Taça Guanabara. É a melhor temporada da história do clube.

Apesar da grande campanha, o Nova Iguaçu terá uma pausa considerável agora no calendário, já que só volta a campo na Copa Rio, em agosto. Enquanto isso, o Boavista volta as suas atenções para a Série D do Campeonato Brasileiro, que se inicia dia 21 de maio, contra a Caldense (MG).

VASCO EMPATA SEM GOLS COM O FLAMENGO E VAI À FINAL DA TAÇA RIO

Na primeira semifinal da Taça Rio, Vasco e Flamengo ficaram no empate por 0 a 0, neste sábado, no Maracanã. Com o resultado, os cruzmaltinos, que atuavam pela igualdade, se classificaram para a final do segundo turno do Campeonato Carioca.
No primeiro tempo, o clássico foi muito truncado, com poucas chances de gol. Na principal delas, William Arão chutou, mas viu Martín Silva salvar os cruzmaltinos. No segundo tempo, os Rubro-negros foram melhores, mas viram o goleiro adversário parar as finalizações com boas defesas.
O Vasco enfrentará o Botafogo na grande final. 

O Campeão da Taça Rio pega o Fluminense na decisão do Campeonato Carioca juntamente com os dois times com mais pontos




Hamilton vence prova

Lewis Hamilton devolveu a derrota sofrida para Sebastian Vettel no GP da Austrália. Neste domingo (9), em uma movimentada prova no circuito de Xangai, na China, o inglês da Mercedes fez uma corrida sem sustos e conseguiu uma vitória tranquila. Já o alemão da Ferrari precisou se recuperar para cruzar a linha de chegada na segunda posição. 

Após largar na sexta colocação, o brasileiro Felipe Massa fez uma prova bastante discreta e encerrou apenas na 14ª colocação, ficando fora da zona de pontuação. A vitória de Hamilton faz com que o Mundial de Pilotos fique empatado. Tanto o inglês quanto Vettel somam 43 pontos, após duas corridas. 

O próximo confronto entre os dois já tem data e local: o GP do Bahrein, no próximo domingo (16). 

Com os problemas encontrados por Vettel no início da prova, o inglês abriu uma vantagem controlável para os demais pilotos. O momento de mais tensão foi na volta 36, quando precisou parar nos boxes e ficar de olho se Raikkonen voltaria na frente. O trabalho da Mercedes, porém, foi perfeito e Hamilton retornou à pista com boa distância para o finlandês. Além da liderança do campeonato, Hamilton conquistou outro feito com a vitória na China. O inglês empatou em número de pódios com Alan Prost: 106, o segundo maior da história – Michael Schumacher lidera com 155. 

Largando na 16ª posição na China, o holandês precisou de apenas seis voltas para assumir o quarto posto. Além de ganhar algumas posições por causa de paradas no boxe, o holandês fez uma série de ultrapassagens logo na largada. No pelotão da frente, Verstappen ultrapassou as duas Ferraris e passou a ir para cima de Daniel Ricciardo, seu companheiro de equipe. O australiano resistiu até a volta 11, quando o holandês colocou de lado e fez a ultrapassagem. Com pneu supermacio há 24 voltas, Verstappen acabou errando e sendo ultrapassado na volta 28. O holandês chegou a cair para a quarta posição, mas contou com a necessidade de Raikkonen de fazer mais uma parada para retornar em terceiro. No final, ainda acabou sendo muito pressionado por Ricciardo, mas conseguiu segurar o local no pódio. Massa tem dia difícil e não pontua Felipe Massa teve uma prova para esquecer na China. Logo na largada, o brasileiro foi ultrapassado por Hulkenberg e, na sequência, perdeu quatro posições. No decorrer da corrida, Massa seguiu com um desempenho bastante fraco, chegando a cair para a 14ª colocação. Com a quebra no carro de Fernando Alonso, Massa chegou a flertar com a zona de pontuação. O dia, porém, não era do brasileiro. A menos de 10 voltas para o final, o brasileiro acabou ultrapassado por Esteban Ocon, com pneus novos, e não encontrou forças para recuperar a 10ª posição. 

Para piorar, o desgaste do composto fez com que Massa fosse presa fácil para Grosjean. Na sequência, o brasileiro entrou nos boxes e encerrou a prova na 14ª colocação, a penúltima entre os que completaram a prova. Vettel começa mal, mas faz manobra incrível e fecha em segundo O início de corrida foi complicado para Sebastian Vettel. Logo de cara, o alemão foi perdendo posições e acabou ficando preso atrás do companheiro de equipe, Kimi Raikkonen, que reclamava com a equipe de problemas no motor. Apenas na 20ª volta o tetracampeão conseguiu deixar o finlandês para trás e partir em busca de Daniel Ricciardo. E foi ao chegar no australiano que o alemão protagonizou a manobra da corrida. Na volta 22, Vettel colocou de lado, tocou roda com roda e ultrapassou Ricciardo, levantando o público presente no circuito de Xangai. No fim, o alemão encerrou a prova na segunda colocação. Luciano Burti, sobre ultrapassagens A série de ultrapassagens no GP da China chamaram atenção do comentarista Luciano Burti, da "Globo". Para ele, a dificuldade de conseguir posições nas retas fez com que os pilotos adotassem novas estratégias. 

"Tem uma coisa ruim que está gerando uma coisa boa. Os carros não estão muito eficientes em termos de ultrapassagens nas retas. Então o que está acontecendo? Os pilotos estão tendo que se virar em curva e buscar espaço onde não tem. Ou seja, por um lado é bom". 

Sainz arrisca e se dá bem A decisão de largar com o pneu supermacio mostrou­se acertada para Carlos Sainz. Logo na largada, o espanhol viu todos os carros ultrapassá­lo e caiu para a última colocação. Na sequência, com a dificuldade de controlar o carro com o pneu de pista seca em um asfalto úmido, Sainz acabou escapando e dando um toque no muro. A espera, porém, trouxe recompensa. Com o asfalto secando, os pilotos foram obrigados a ir para o boxe e o espanhol pulou para a sexta colocação. No final, ele completou a prova em sétimo.

Substituto de Pascal Wehrlein, o italiano Antonio Giovinazzi teve um final de semana para esquecer. Depois de bater no final do Q1 na classificação, o número 36 teve um reencontro com o muro logo na quinta volta da corrida. Enquanto a prova estava sob safety car, o piloto da Sauber perdeu o controle do carro e colidiu com o muro da reta principal. 

Confira a classificação final do GP da China: 

1 – Lewis Hamilton – Mercedes – 56 voltas
2 – Sebastian Vettel – Ferrari – a 6s250 
3 - Max Verstappen – Red Bull – a 45s192 
4 – Daniel Ricciardo – Red Bull – a 46s035 
5 – Kimi Raikkonen – Ferrari – a 48s076 
6 – Valtteri Bottas – Mercedes – a 48s808 
7 – Carlos Sainz Jr. – Toro Rosso – a 72s893 
8 – Kevin Magnussen – Haas – a 1 volta 
9 – Sergio Perez – Force India – a 1 volta 
10 – Esteban Ocon – Force India – a 1 volta 
11 – Romain Grosjean – Haas – a 1 volta 
12 – Nico Hulkenberg – Renault – a 1 volta 
13 – Jolyon Palmer – Renault – a 1 volta 
14 – Felipe Massa – Williams – a 1 volta 
15 – Marcus Ericsson – Sauber – a 1 volta 

Não completaram 

Fernando Alonso – McLaren – 35 voltas completadas 
Daniil Kvyat – Toro Rosso – 21 voltas completadas 
Stoff Vandoorne – McLaren – 19 voltas completadas 
Giovinazzi – Sauber – 2 voltas completadas 
Lance Stroll – Williams – 1 volta completada



Fonte : UOL Esporte
Foto   : REUTERS/Aly Song..

Flamengo é eliminado por seu rival. Diego da declaração e culpa adversário como desculpa.

O Vasco segurou o empate sem gols com o Flamengo, eliminou o rival e chegou à final da Taça Rio. 

Após o jogo, Diego lamentou o resultado, mas exaltou o desempenho do Rubro­negro e provocou o adversário. Segundo o Flamenguista, o Cruzmaltino fez 'cera' para ganhar tempo porque sabe que o clube da Gávea é superior. 

"Fiquei muito feliz de ter dominado a partida. Ataque contra a defesa. Prevaleceu a defesa porque falou o gol. Dominamos o jogo, conscientes. Campeonato será decidido na outra semifinal [geral]. Não muda em nada agora. Agora vamos pensar na Libertadores", disse Diego 

"Eles sabem da nossa superioridade e usaram desse artificio [gastar tempo] para conseguir o empate. Importante foi a objetividade e domínio que tivemos durante os 90min", provocou o camisa 35. 

A provocação não ficou sem resposta. Um dos líderes do Vasco, Rodrigo admitiu que a equipe se defendeu e jogou sabendo que tinha a vantagem do empate. O zagueiro deixou claro que o que importa é chegar à final. 

"Jogando pelo empate fomos para cima quando dava. Quando teve a parada técnica, jogamos com o regulamento de baixo do braço. Fizemos a cera que tínhamos que fazer. Faz parte do futebol e pode reclamar o que for. Pode ter o domínio, quem saiu classificado fomos nós", afirmou o defensor. 

Nenê foi mais polido. Não quis polemizar com Diego, mas discordou do adversário sobre a supremacia do Flamengo em campo. 

"Não acredito nisso. Alguns momentos forma melhor. Tiveram mais chances, principalmente no final. Não fizemos grande jogo, mas cumprimos nosso objetivo", finalizou. 

Eliminado, o Flamengo direciona o foco para a Libertadores nesta quarta, quando medirá forças com o Atlético­PR, no Maracanã. O Vasco, por sua vez, aguarda a semifinal deste domingo entre Botafogo e Fluminense para saber quem enfrentará na final da Taça Rio no próximo domingo.


Fonte : UOL

Colunista Wagner Augusto - Resumo do Futebol Carioca

O Botafogo garantiu a classificação para as semifinais da Taça Rio ao derrotar o Resende por 3 a 2, em partida disputada na tarde deste domingo, no estádio Nilton Santos. O resultado fez o Alvinegro de General Severiano chegar aos 13 pontos ganhos e assumir a primeira posição do Grupo B. O Resende ficou na penúltima colocação do Grupo C, com quatro tentos. Entrando no segundo tempo, Sassá foi o destaque da partida com dois gols, sendo um de bicicleta.
O time dirigido por Jair Ventura dominou o jogo inteiro e poderia ter saído com um placar mais avantajado, mas desperdiçou inúmeras chances para marcar. O Resende foi apenas lutador e não conseguiu melhor sorte na partida. Agora na semifinal, o time da Estrela Solitária enfrenta o Fluminense por uma vaga na decisão.


Foto: B.F.R


JÁ CLASSIFICADOS, FLA-FLU FICAM NO EMPATE


Flamengo e Fluminense empataram por 1 a 1 o clássico disputado na tarde deste domingo, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica . O fez com que as duas equipes perdessem a vantagem para as semifinais da Taça Rio, sendo superados por Botafogo e Vasco em seus respectivos grupos.
Na próxima fase, o Flamengo enfrentará o Vasco, enquanto o Fluminense terá o Botafogo, pela frente.
Já nas semifinais do Campeonato Carioca, o Rubro-Negro vai enfrentar o Botafogo, enquanto o Tricolor vai encara o Vasco. Nesta fase, Fla e Flu terão vantagem do empate.
Mesmo escalado com um time reserva, o Fluminense deu grande trabalho ao adversário e saiu na frente com um gol de Wendel, mas Willian Arão empatou no final do jogo, quando a equipe rubro-negra estava com dez jogadores por causa da expuslão do lateral-direito Pará.



GIGANTE DA COLINA VENCE E CARIMBA PASSAPORTE PARA A SEMI

O Vasco garantiu a classificação para as semifinais da Taça Rio ao derrotar o Nova Iguaçu por 2 a 0, em partida disputada na tarde deste domingo, em Moça Bonita. O resultado fez o time de São Januário terminar o segundo turno na primeira colocação do Grupo C com 12 pontos ganhos, superando o Fluminense também assegurando a presença na fase decisiva do Campeonato Carioca. O Nova Iguaçu ficou na terceira posição do Grupo B com dez pontos ganhos.
O resultado fez justiça ao time dirigido por Milton Mendes que procurou o gol durante os 90 minutos e acabou premiado com a vitória. O Nova iguaçu foi um adversário valente que lutou muito, mas não conseguiu superar um adversário mais qualificado. Rafael Marques e Yago Pikachu marcaram os gols da equipe cruz-maltina.



BOAVISTA EMPATA JOGANDO EM CASA

Missão cumprida. João Carlos Ângelo assumiu a Portuguesa com cinco jogos a disputar na Taça Rio e um objetivo: evitar a seletiva do Campeonato Carioca em 2018. E ele conseguiu. A certeza do alívio veio após o empate por 1 a 1 com o Boavista, em confronto realizado no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema, neste domingo (2). Leandrão abriu a contagem para os mandantes, enquanto Fabinho igualou.

Na classificação geral do Estadual, o time da Ilha do Governador fechou em nono lugar, com 10 pontos ganhos. Já a equipe da Região dos Lagos ficou uma posição acima, com 12, não alcançando vaga na Série D do Brasileiro em 2018 - o Madureira levou a melhor nessa briga. Já com relação à Taça Rio, ambos fecharam na quarta colocação de suas chaves e com isso vão disputar o Quadrangular Extra.

Os duelos do torneio de consolação do segundo turno ainda não possuem tabela detalhada pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FERJ), mas os cruzamentos serão os seguintes: Nova Iguaçu x Portuguesa e Volta Redonda x Boavista. Na Taça Guanabara, os iguaçuanos foram campeões em cima do Voltaço.



MACAÉ X VOLTA REDONDA FICAM NO EMPATE

Tudo igual para Macaé e Volta Redonda, em confronto válido pela rodada final da Taça Rio - segundo turno do Campeonato Carioca. O confronto realizado no Estádio de Los Larios, na tarde deste domingo (2), terminou em 2 a 2, que no fim das contas não foi bom para ninguém. O Alvianil encerra o Estadual sem nenhuma vitória em 11 jogos, enquanto o Tricolor de Aço não alcançou as semifinais do segundo turno, tendo que se contentar em participar do Quadrangular Extra.