Buscando a notícia para você desde 2007 - Região dos Lagos - Ano 2017 -

Santos pede anulação de jogo com Fla por suposta interferência de repórter da Globo

O Santos enviou à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) um pedido de anulação da partida contra o Flamengo, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, na qual o time paulista venceu por 4 a 2 na última quarta-feira (26), mas acabou eliminado por ter perdido o jogo de ida por 2 a 0. 

A equipe alvinegra acusa uma interferência externa de Eric Faria, repórter da TV Globo, sobre a arbitragem de Leandro Vuaden. 

O lance polêmico foi o pênalti marcado por Vuaden aos 40 minutos do primeiro tempo, em disputa entre Réver e Bruno Henrique na área. Após cerca de um minuto, o juiz consultou o quarto árbitro, Flávio Rodrigues de Souza, e reverteu a marcação da penalidade. 

Segundo o Santos, a participação do quarto árbitro "teria sido provocada pelo repórter de campo, Sr. Eric Faria, da Rede Globo de televisão, que é elemento alheio ao certame, devendo se comportar como jornalista e não como torcedor de seu time do coração". 

 Além da anulação do jogo, o Santos pediu à CBF a proibição de que repórteres fiquem na lateral do gramado durante os jogos e se comuniquem com a equipe de arbitragem; a punição ao trio de arbitragem da partida; e o descredenciamento de Eric Faria como repórter de campo. 

Segundo apurou o UOL Esporte, o Santos não possui nenhuma imagem que comprova a suposta interferência externa do repórter da Globo. 

O clube alvinegro se baseia apenas em relatos ouvidos por pessoas próximas ao banco de reservas do clube para fazer a alegação em questão. 
 Eric Faria afirmou que não quer se pronunciar sobre o caso. 

No Twitter, porém, o repórter chamou de "leviana" as acusações de que teria comunicado o quarto árbitro sobre o lance.

 "Alguns me acusam de ter falado com o quarto arbitro. Leviano. Mentiroso. Quem estava mais perto dele?, escreveu. 

Vuaden nega interferência externa Em entrevista ao canal SporTV, o árbitro Leandro Vuaden negou que tenha sido influenciado por uma interferência externa ao anular a marcação do pênalti contra o Flamengo.
"Que fique bem claro que não houve nenhuma interferência externa.Por mais distante que esteja, o ângulo de visão do quarto árbitro é melhor que o meu. O que eu fiz, o que o futebol espera que seja feito, foi buscar uma informação no árbitro", disse. 


 Texto :Colaborou Pedro Ivo Almeida
Foto montagem : JR